Congresso em Foco

Relatório preliminar da CGU diz que há obras com demora na entrega, ou interrompidas, com baixa chance de serem continuadas em curto prazo por limitações orçamentárias[fotografo]Luis Gustavo Prado/Secom UnB[/fotografo]

Relatório preliminar da CGU aponta prejuízo de mais de R$ 70 milhões na UnB

15.09.2018 08:30 5

5 respostas para “Relatório preliminar da CGU aponta prejuízo de mais de R$ 70 milhões na UnB”

  1. Emmanuel Marcos disse:

    UNB está um lixo, resultado das sucessivas gestões de esquerda

  2. 13582196 disse:

    Só não se esqueçam que a atual reitora foi eleita com o apoio do PT!

  3. Erwin Schrodinger disse:

    Mas que novidade!!! Obras PÚBLICAS atrasadas, inacabadas, superfaturadas…é o Bananão de sempre. E ainda tem gente (muita gente) acreditando em salvadores da pátria.

  4. dugabowski disse:

    Será que existe algum órgão público no Brasil em que não exista corrupção? Se alguém souber, me avisa.

  5. George disse:

    Obras em atraso, superfaturadas, má gestão, falta de licitação, incompetência administrativa, falta de estudo prévio, e por ai vai. Esta universidade nada mais é que um microcosmo do país de bananas. Aonde há dinheiro público há corrupção e incompetência no gerenciamento da coisa pública. Típico do mau caráter brazuka.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via