Congresso em Foco

Marquês de Sapucaí: sambódromo vazio pela primeira vez na história do Carnaval[fotografo]Rafael Catarcione/Riotur[/fotografo]

Setor de eventos ganhará socorro federal em meio à maior crise da história

15.02.2021 15:29 7

Publicidade

7 respostas para “Setor de eventos ganhará socorro federal em meio à maior crise da história”

  1. Fabio Martins disse:

    As propostas foram muito bem elaboradas. Como vivemos um momento de total DESGOVERNO, o que estamos presenciando agora é uma enxurrada de eventos ilegais na prática, mas sem fiscalização. Se realmente houvesse fiscalização e uma atuação conjunta entre governo federal, governadores e prefeitos para promover novas restrições a fim de preparar o terreno para uma efetiva vacinação em massa, tais propostas são justas, pois milhões de trabalhadores do setor perderam seus empregos. Mas sabemos que Bolsonaro ajudando o povo brasileiro é uma utopia. O máximo que ele fará é um churrasco fechado bancado com nosso dinheiro e com cantores sertanejos millionários pedindo ajuda ao mito. Ops, Bolsonaro já fez isso hahahaha

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Eventos ilegais?
      Mas nossa!
      Logo os gays, que são tão esclarecidos, intelectualmente superiores, políticamente orientados, fazendo festinha de queima-r0sc@ clandestina!

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Aquele filósofo é que estava certo mesmo.
      “Ainda bem que apareceu esse vírus aí”.
      Cancelou o carnaval do estado, se quiser participar do carnaval agora, só comprando ingresso para o bate-estaca no ”sitio dos barbudinhos intelectuais oprimidos”
      Amanhã mesmo, findo essa porcaria, os prefeitos com a grana do IPTU já no bolso, podem começar a trabalhar para melhorar as cidades, que estão um lixo.
      E investir o dinheiro que sobrou do carnaval principalmente na saúde e educação.

  2. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Muito engraçado.
    O bi China comentador de ”enredo de escola de samba” da Grobo esse ano não tem o que fazer….kkkkkkkkk
    Aí fica dançando….kkkkkkkkk

  3. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Imagina o que não vai ter de malandro ganhando dinheiro com isso?
    Governo financiando empresa de carnaval é mesmo uma ótima ideia.
    Que tal passar a fazer dois carnavais por anos?
    É uma ideia melhor.

    • Fabio Martins disse:

      sua visão sobre “setor de eventos” é tão rasa que chega a ser engraçada

      • Jorge Teixeira Carneiro disse:

        Isso é igual à copa do mundo, depois que passa, ”deixa legados”.
        Os governos gastam centenas de milhões pelo país afora, para o povo extravasar e alguns, tipo Globe, Anita, Preta, Vevete e etc ganharem rios de dinheiro.
        Aqui no Rio, as calçadas e as ruas estão cheias de buracos, luzes e sinais apagados por falta de manutenção, a cidade cheia de moradores de rua e o prefeito lamentando que não viu a ”mangueira entrando”.
        Quer ver a mangueira entrar, pega o namorado dele e faz particular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via