Congresso em Foco

Deputado Samuel Moreira (PSDB-SP)[fotografo]Michel Jesus/Câmara[/fotografo]

Relator da Previdência deve propor pedágio de 100% para servidor e nova idade mínima para professor

07.06.2019 07:41 143

Publicidade

143 respostas para “Relator da Previdência deve propor pedágio de 100% para servidor e nova idade mínima para professor”

  1. Cool Prints disse:

    Podemos falar a verdade? Entao vamos; estao na verdade acabando com a aposentadoria pq morto nao se aposenta.

  2. Norberto Gonçalves disse:

    Estou vendo aqui, como de costume em toda notícia que envolve o funcionalismo público, aquele típico comentário imbecilizado: “privatiza tudo ….”. Então tá, privatizem todas as Universidades Federais. Não dou cinco anos para o sistema produtivo entrar em colapso. Durmam com esse barulho, bando de otários. P.S.: não sou eleitor do PT.

    • Danilo da Silva disse:

      Nos EUA o sistema é privatizado. Alguma coisa eles fizeram para dar certo. Seria o caso de copiar o que deu certo. O problema no Brasil é que qualquer malandro pode abrir uma fábrica de diplomas e falar que é uma universidade. Eu conheço gente débil mental se formando em curso superior numa destas fábricas de diplomas. Foi no jatinho de um destes bandidos que Lula pegou carona para ir depor em Curitiba. Claro, ele abriu financiamento para pobre otário fazer curso nestas arapucas, tinha mesmo que ter a adoração destes trastes.

      • Norberto Gonçalves disse:

        Então aqui primeiro precisa mudar a CF:
        DA CULTURA E DO DESPORTO
        Seção I
        DA EDUCAÇÃO
        Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será
        promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno
        desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.
        Outra: lá os ricos doam para as universidades. Sabe quanto é o fundo de doações de Harvard? Chuta ! 28 bilhões de dólares !!!!

        • Danilo da Silva disse:

          Foi por isto mesmo que eu disse que alguma coisa eles fizeram lá que deu certo. Lá os ricos não doam por serem bonzinhos, mas porque vão ter que gastar com impostos se não doarem. Pelo menos é o que eu ouço falar. Só que aqui o governo tá sem moral para cobrar mais impostos, porque, por exemplo, o IPEA já emitiu um parecer de que nosso problema nem é o gasto com educação, mas a gestão dele que vai mal. Um governo que torra nossos impostos financiando analfabeto para brincar de ser universitário em falsas universidades não tem como produzir educação de qualidade mesmo. Sem falar nas falsas pesquisas nas áreas de humanas, onde o Brasil é um dos que mais produz pesquisas, mas nunca teve um prêmio Nobel em nenhuma destas áreas.

          • Norberto Gonçalves disse:

            Muita da intenção de criar o FIES foi eleitoreira mesmo. Nisso concordamos. E agora o rombo é imenso.

          • Danilo da Silva disse:

            Pois é, só que estas coisas, depois que são implantadas, fica difícil de tirar, pois os políticos vão ser acusados de inimigos dos pobres. Eu acho que o ensino superior deve ser um direito de todo cidadão, mas é preciso que o cidadão esteja qualificado para fazer um curso superior. Principalmente se ele for financiado pelo dinheiro público.
            E agora, este governo faz contingenciamento de verbas de modo indiscriminado deixando gente que está fazendo pesquisa séria sem ter como continuar seus trabalhos por culpa de gastos mal feitos com pesquisas picaretas.

  3. Karllos Silva disse:

    Vergonha de governo!

    • Pedro Hurwicz disse:

      Bolsonaro já demitiu 21.000 funcionarios sem concurso, tem reduzido gastos em todos os ministérios, organizou a farsa “mais médicos” e a lei Rouanet, privatizou estatais, está renegociando contratos, mas ainda assim o Brasil pagará por muitos anos pela tragédia petista encerrada em 2016.
      “Essa reforma é para ajudar os pobres. Nós queremos garantir a aposentadoria para as futuras gerações”
      Além dos inúmeros leilões de ferrovias, portos, aeroportos e rodovias já promovidos pelo nosso governo, que levarão desenvolvimento para todo o Brasil, outras concessões serão realizadas ainda em 2019, devendo atrair mais R$ 9,1 BILHÕES em investimentos para o nosso país.

      “Este governo gosta de capital, gosta de empresário, gosta de lucro porque acredita que somente iniciativa privada é a geradora de riqueza e a criadora de empregos”.

  4. Paulo Leirinha disse:

    Já é um erro não considerar como DIREITO ADQUIRIDO o “contrato” celebrado entre qualquer contribuinte e o Governo quando do início das contribuições. Mas não haver uma transição decente é um ABSURDO! O óbvio seria a aplicação da lógica, sem arbitrariedades: toda e qualquer alteração feita pela reforma (que deveria ser ÚNICA para TODOS!) deve ser aplicada de forma PROPORCIONAL sobre o TEMPO ATUALMENTE RESTANTE PARA A APOSENTADORIA. Com isso aplica-se uma simples “regra de três” para cada contribuinte, sem prejuízos e nem privilégios. E fim de papo. (Essa minha consultoria fica de cortesia, apesar de o Guedes não estar merecendo…)

  5. Saulo Oliveira disse:

    Sou professor do Estado, vai ser realmente problemático dar aula próximo a essa idade de 60 anos fico imaginando nessa realidade atual, estar o tempo todo estudando, fazendo planos de aula, corrigindo provas aos domingos e de madrugada, aguentando brincadeiras de adolescentes dos alunos…mas beleza…coloquem aos 65 anos se quiserem, mas EU QUERO ENTÃO MEU FUNDO DE GARANTIA!!!!

    • Danilo da Silva disse:

      Eu tive professor com 75 anos e nunca vi ele reclamar de cansaço.

      • Saulo Oliveira disse:

        Aí vem a questão que após aposentar podem continuar trabalhando então o salário dobra, passa ser atrativo… O que não concordo a nenhum cargo poder continuar tralhando apos aposentar em cargo público.

      • Saulo Oliveira disse:

        Tudo questão do “faz me rir”, ganhando bem … Ganha vontade.. não sejamos hipócritas que ganhando bem vendo a família feliz ganhe energia mesmo

  6. Lyz Zyl disse:

    Servidor público tem de berrar pelo direito de aposentadoria INTEGRAL se fica doentes sem esta de doença esta ou aquela é que determina isto, FIM DE PAGAMENTO DE INSS que foi FHC quem inventou de quem ja esta aposentado e pela manutenção do contrato de trabalho que regia quando ele entrou e recolhimento de INSS só sobre o Teto nada mais sobre o que exceder isto pq é a autentica roubalheia sobre o salario do servidor!
    È IREM PRA GREVE SEM FIM com a destruição da vida feita por este governo e seus asseclas de congresso pra manterem as lagostinhas!

  7. Solange Matos disse:

    Depois de aprovada esta reforma, não seria hora do trabalhador ir às ruas prá exigir que seja tirada da gaveta a proposta do Clodovil, para que seja diminuído pela metade o número de Deputados?

  8. Solange Matos disse:

    Trabalhador brasileiro está igual gado, indo para o abatedouro, caminhando e cantando, e, AINDA criticando o PT, que já deixou o Governo 3 anos atrás.

    • Pedro Hurwicz disse:

      “Um levantamento feito por Crusoé dá a dimensão da ascensão social da família, em grande parte experimentada no período em que Lula esteve no poder. Apartamentos em endereços nobres, carros de luxo, dividendos milionários e tratamento vip providenciado por parceiros de negócios mostram que os filhos do ex-presidente não têm do que se queixar.”

  9. igoissilva disse:

    PARABÉNS aos servidores que votaram no BOZO, no tchtchuca dos bancos e nos gatunos do PSDB, chupem essa manga!!! Eu que comecei trabalhar com 17 anos e só poderei aposentar com 65 anos, terei contribuindo por quase 48 anos!!!!!!!!!!! parabéns aos envolvidos, lagosta no STF e militar aposentado com 48 anos de idade, depois de passar a vida jogado bola no quartel!!!

    • Danilo da Silva disse:

      E você queria que as pessoas votassem em quem? No partido do Petrolão? Claro, para vocês funcionários públicos, o que menos importa é o patrimônio público, né. Dinheiro do povo pode ser roubado à vontade se os ladrões forem seus aliados.

      • igoissilva disse:

        Verdade, só tinha o BOZO e o PT né? Não havia 13 candidatos???

        • Danilo da Silva disse:

          Mas a maioria dos que votaram em Bolsonaro no segundo turno não votaram nele no primeiro. Quem foi eleito não foi Bolsonaro, mas o antipetismo. Se Bolsonaro cair na ilusão de que ele foi o eleito, vai cometer um sério erro de avaliação política.

    • Pedro Hurwicz disse:

      Bolsonaro já demitiu 21.000 funcionarios sem concurso, tem reduzido gastos em todos os ministérios, organizou a farsa “mais médicos” e a lei Rouanet, privatizou estatais, está renegociando contratos, mas ainda assim o Brasil pagará por muitos anos pela tragédia petista encerrada em 2016.
      “Essa reforma é para ajudar os pobres. Nós queremos garantir a aposentadoria para as futuras gerações”

      “Este governo gosta de capital, gosta de empresário, gosta de lucro porque acredita que somente iniciativa privada é a geradora de riqueza e a criadora de empregos”.

  10. Pedro Detolvo disse:

    Todos somos iguais perante a lei, homens e mulheres, professores, militares, medicos, advogados….todos deveria se aposentar com a mesma idade. se o trabalho é duro ou de risco, que pague mais, mas a idade para se aposentar deveria ser a mesma para todos. Simples.

  11. Geraldo Gomes disse:

    Todos os estudos mostram que a reforma é necessaria somente no setor público.

  12. Danilo da Silva disse:

    O cinismo dos funcionários públicos aqui é de dar nojo. Falam que são a favor da reforma só se for para todos, senão são contra. Claro que todo mundo sabe que não vai ser para todos, mas o povo já vai estar no lucro se for para boa parte dos sangue-sugas do dinheiro público encrustados no serviço público. O que os políticos custam sai na urina da previdência, mesmo que eles fiquem fora, já será um ganho imenso. Agora, ninguém vai ver funcionário público na rua defendendo que a reforma também atinja os militares, pois usam os militares como desculpa para serem contra a reforma.

    • igoissilva disse:

      falou aquele que é incapaz de passar em concurso

      • Danilo da Silva disse:

        igosilva, tem gente que não entra no serviço público porque é um bosta, e tem gente que não entra no serviço público justamente por não ser um bosta, por ter mais o que fazer do que seguir uma carreira de empregadinho.

  13. Olavo Alves Pessoa Junior disse:

    E para os militares um pedágio de 17%! Muito engraçado!

  14. julio candal rodrigues disse:

    O núcleo da discussão não é nem a apregoada economia de 1 trilhão em 10 anos, mas, sim, o que eles (os governos) farão com essa dinheirama!

  15. Robert Tenso disse:

    sou a favor da reforma, mas essa questão da transição é que está sendo uma grande injustiça….é necessário ser justo para quem já está no modelo atual…não só para funcionarios publicos mas para com todos…muitos já até fizeram planos e agora estão sofrendo com essa situação de ter que rever todo o planejamento…

  16. Lyz Zyl disse:

    Servidor público tem de berrar pelo direito de aposentadoria INTEGRAL se fica doentes sem esta de doença esta ou aquela é que determina isto, FIM DE PAGAMENTO DE INSS que foi FHC queminventou de quemjaesta aposentado e pela manutenção do contrato de trabalho que regia quando ele entrou e recolhimento de INSS só sobre o Teto nada mais sobre o que exceder isto pq é a autentica roubalheia sobre o salario do servidor!
    È IREM PRA GREVE SEM FIM com a destruição da vida feita por este governo e seus asseclas de congresso pra manterem as lagostinhas!

  17. EduTricolor disse:

    Esses caras são mesmo uns pilantras. No final das contas, vão ferrar mesmo é com os servidores públicos federais, que não têm pra onde correr. Os sonegadores vão continuar sonegando; os roubos vão continuar e os privilégios deles próprios, suas mordomias e falcatruas podem fazer 100 reformas, nunca vão acabar.
    Mas é bem feito aos servidores públicos que acreditaram nesses cafajestes mentirosos. Um tapa na cara e no bolso…

  18. Lyz Zyl disse:

    Este governo não tem mais do que ser sem noção, graças a liberação de agrotoxico a Europa esta tirando tudo que é produto brasileiro dos mercados pq são toxicos!
    Só palhaçadas é o que este governo do Maluco e seu circo de putados!!

  19. Lyz Zyl disse:

    Até quando o povim olho grande vai entrarnos leros leros de discussão de favelização generalizada e o fim REAL de aposentadoria de quem trabalha por anos ao inves de diminuir drasticamente numero de politicos que gastam mais de 30 milhões por dia?
    O cara não contribuiu com nada por 65 anos e fica aposentado, isto não tem cabimento mesmo, as caridades em troca de VOTOS com o suor e a vida reta de outros em beneficio de vagal!
    Não votaram pelo fim dos ditos comunas mas querem todo mundo ganhando salario minimo…povim bem esdruxulo mesmo teu nome é VAGAL e BRASIL todos indo virar CUBANOS!
    Vão conseguir de virarem republiqueta de banana com carros de 100 anos atras tipo Cubano com poder aquisitivo zero.

  20. Celso Oliveira disse:

    Todos devem ter a mesma regra e teto do INSS!!! “”TODOS”!!!!! o resto é para manter privilegios!!!

    • Lyz Zyl disse:

      não existe isto pq as condições de trabalho são diferentes, servidor público nao tem FGTS nem PIS PASEP nem seguro desemprego e nem garantia de contrato de trabalho pq fazem o que bem entendem não respeitando regra nenhuma que foi a que fez com que a pessoa vc fosse trabalhar lá.
      MENTE COMUNISTA não consegue nada e ODEIA quem consegue, o famoso OLHO GRANDE,.

    • Saulo Oliveira disse:

      ta..mas então paguem o FGTS aos professores.

  21. Luiz Melo disse:

    Um ponto importante para os contribuintes autônomos é a nova fórmula de cálculo da proposta. Ela penaliza bastante quem contribui com até 5 salários mínimos e está prestes a se aposentar, entrando nas regras de transição. Perda altíssima de renda. Mudança da Fórmula Já!!!

  22. Luiz disse:

    Parabéns Bolsonaristas, vocês conseguiram, e antes que apareça um Bolsopata, não é porquê acho ele péssimo e incapaz que sou comunista Talkey ? Aliás o
    Brasil nunca teve um governo comunista o que mais falta aqui é investimento em “EDUCAÇÃO”.

    • Danilo da Silva disse:

      O IPEA diz que o que falta é melhorar a gestão do que é investido, porque tem gente fazendo trabalho sério dentro das universidades e escolas em geral e acaba ficando sem verba por conta do desperdício de dinheiro com picaretagens como o FIES, PROUNI, PRONATEC, universidade sem fronteiras, falsas pesquisas nas mais diversas áreas, etc.

  23. Nestor Agostini disse:

    “Não existe nenhuma possibilidade de os deputados aceitarem incluir
    estados e municípios”, afirma o experiente deputado Hildo Rocha
    (MDB-MA). “Temos de respeitar esse princípio federativo da independência… Tudo bem respeitamos sim, mas o que não pode é os estados que não entrarem na reforma acharem que os que entraram vão trabalhar para aposentar os magnatas dos primeiros. Reforma para todos, incluindo militares!!!

  24. José Zeca Pereira disse:

    Já(ir) não se acostumaram? rsrsrsrs

  25. Agostinho Neto disse:

    A realidade é que brasileiro não gosta de trabalhar e toda categoria vai inventar um motivo para se aposentar antes. Só vai sobrar mesmo para os CLTs que não tem representação forte no congresso apesar de serem a maioria da população.

    • igoissilva disse:

      vc gosta??? eu trabalho pelo dinheiro

      • Danilo da Silva disse:

        Concordo, ninguém tem que gostar de trabalhar mesmo, principalmente para bancar mordomia alheia. Por que o pobre tem que comer o pão que o Diabo amassou neste país que vive entrando e saindo de crises enquanto os funcionários públicos têm estabilidade trabalhando ou embromando e assim conseguem atingir o tempo de contribuição mais cedo para se aposentar?

  26. silas disse:

    Esse Sylvio Costa não é muito didático…Num dos tópicos, ele afirma que: “Um exemplo serve pra entender melhor como a coisa funcionaria…O servidor público que cumprir regra de transição e de acordo com a PEC do ME, se ele servidor tiver 58 anos e faltar 6 meses pra aposentadoria trabalharia até atingir 65 anos ou 7 anos a mais…Noutro tópico, ” com o pedagio de 100% dobra o tempo restante pra inicio de aposentadoria que passaria, nesse caso de 6 meses a um ano. Ou seja, se aposentaria com 59 anos.?!? Tá…Ou eu estou fazendo confusão ou esse fundador do Congresso Nacional está misturando CAPITÃO DE FRAGATA COM CAFETÃO DE GRAVATA…

    • Marcio Cardoso disse:

      Leia de novo os dois parágrafos. Em um, é a regra vinda do Guedes: trabalhar até os 65 anos. A outra é a proposta do relator: pedágio de 100% em cima do que falta: aumenta 1 ano no tempo. Pelo Guedes, vc precisa de 6 meses, trabalha 7 anos. No relator, precisa de 6 meses, trabalha o dobro.
      A questão é que não vai achar uma regra que agrade a todos. Sempre vai ter exceção, gente no limite do corte. Igual radar de velocidade: se vc botar 80, alguém é multado a 81. Se botar 85, alguém é pego em 86. E sempre vão achar injusto.

    • José Zeca Pereira disse:

      Você não leu direito, tá muito claro.

  27. Ricardo CWB disse:

    O servidor é o vilão da previdência? Então pronto!!! Devolvam minhas
    contribuições e está tudo certo. Cada um vai cuidar da sua vida. Mas
    isso o governo não quer né.. prefere ficar de sacanagem querendo se
    apropriar das contribuições e estabelecendo regras para aposentadorias
    impossíveis ou na véspera da morte.

    • igoissilva disse:

      eu quero receber TODO FGTS corrigido e a devolução da contribuição da previdência MUITO acima do inss corrigida, ai conversamos

      • Saulo Oliveira disse:

        eu também.. beleza, vamos ver se consigo permanecer vivo em sala de aula até os 60 anos ou mais… mas então que paguem o FGTS e o que já trabalhei, aceitaria até sem correção, pois sem que não vão pagar.

      • Danilo da Silva disse:

        Se a previdência já está com um rombo de centenas de bilhões sem devolver nada, imagine como vão ser pagas as aposentadorias dos que já estão inativos se o governo começar a devolver. São décadas de distorções acumuladas. Agora, o remédio vai ter que ser amargo mesmo, mas parece que não tem exemplo de país onde a previdência se sustentou com gente se aposentando com menos de 65 anos.

    • Zé das Couves disse:

      Se me derem todo o FGTS corrigido esses anos todos e a multa de 40%, podem me mandar embora! E se me devolverem o que paguei de INSS corrigido eu abro mão da aposentadoria!

  28. Marcos Paulo Pires disse:

    PROFESSOR JÁ TEM MUITO PRIVILEGIO ,TRABALHA POUCO .TEM APOSENTADORIA INTEGRAL .NAO TEM ,RESPONSABILIDADE QUALIDADE DOS ALUNOS FORMANDO,,,

    • José Zeca Pereira disse:

      Você deve ter sido um PÉSSIMO e RECALCITRANTE aluno, agora fica culpando os professores rsrsrs

    • Saulo Oliveira disse:

      como tem gente que pensa isso… professor trabalha fora de horário de aula, corringindo avaliações, pesquisas..faz projetos… plano de aula… verifica dificuldade dos alunos… cada turma é diferente uma da outra… tem que se atualizar sempre o que significa estudar por toda vida… fora isso tudo, salas lotadas, aguentar piadas e bagunças dos alunos sem que possa se fazer nada… enfim… você pode falar o que for da estrutura da Educação em qualquer Estado, mas do professor não meu caro..

      • Danilo da Silva disse:

        Se vocês professores estão tendo que trabalhar mais do que oito horas por dia, têm que cobrar do governo as horas extras ou fazer uma operação padrão ou greve para mostrar que isto está errado. O que não podem é querer se aposentar com menos tempo de contribuição que os outros.

        • Saulo Oliveira disse:

          Paguem o fgts ao menos oras.. você pelo visto é contra professores e a educação por associar ao pt. Sem mais.

          • Danilo da Silva disse:

            Se te devolverem o FGTS, não vai dar para pagar os funcionários que já estão aposentados e recebendo deste seu dinheiro. Pelo jeito, não tem nenhum país no mundo onde a previdência se sustentou com gente se aposentando com menos de 65 anos. Se houvesse, já estaria sendo citado como exemplo de que não é preciso fazer reforma.

        • Norberto Gonçalves disse:

          35 anos de contribuição é menos tempo do que os outros ? Informe-se melhor …

          • Danilo da Silva disse:

            Pelo menos os professores da rede básica do ensino público têm este privilégio, não digo os outros.

  29. José José disse:

    Psdb só podia ser??? e as notas dos governadores e prefeitos para pressionar o congresso nacional. os grandes gestores arrebentaram com os estados e municípios durante anos, agora, querem arrebentar com as aposentadorias de milhões de brasileiros, CADÊ OS IMPOSTOS DO POVO???? PQ QUEREM TANTO A PREVIDÊNCIA? PQ ESSA QUEBRADEIRA TODA CPI NESSES ESTADOS E MUNICÍPIOS PARA VER ONDE ESTÁ O PROBLEMA NINGUÉM FAZ?????

  30. José José disse:

    Servidor público serve, trabalha e luta para prestar bons serviços a toda a população, os previlegiados vcs fazem vista grossa. Muitos do congresso fazem o que? Remam contra sempre. Policiais, professores, médicos.. vamos mostrar a nossa força. Ano que vem já tem eleições, que tal serem chamados de senhores prefeitos (as) e vereadores(a), vamos colocar nossos nomes a disposição para esses cargos só para começar. E reeleição zero para quem apoiou essa maldita PEC 6/19 e seus partidos.

  31. champagne1963 disse:

    A reforma da ultra deficitária Previdência é imprescindível para o futuro do país. Só os irresponsáveis, demagogos e nefelibatas a ela se opõem. Todas as categorias profissionais devem ser igualmente atingidas. O mesmo deveria ocorrer com os beneficiários do BPC.

    • José Zeca Pereira disse:

      Dê o que é seu a quem você quiser, o que é meu ganho com muito esforço e suor, e mais de 45% é confiscado. Não estou mais a fim de ser espoliado. Falei.

    • Jose Luiz Cunha Quevedo disse:

      Por que não ficamos todos com a reforma dos militares, já que pelo que li será um grande sacrifício pra eles, nos poderíamos nos sacrificar também mas com os termos dos militares

  32. Rique C disse:

    Transição de 100% é como injeção de ácido sulfúrico no olho!

  33. Rique C disse:

    Imoral! se fosse justo, aplicariam para políticos e militares…
    Mas o governo escolheu os servidores como bodes expiatórios dessa terrível reforma de destruição da previdência social brasileira.
    Mais honesto seria devolver a grana paga acima do teto do INSS (contribuição de empregado e empregador) e liberar todos os servidores desse suplício, que é um sistema bom na teoria, na hora de cobrar o governo é um leão, mas, na prática, na hora de pagar, o empregador chama de “privilégio” (pra poder dar o cano naquilo que foi pago mesmo).

  34. Gamaliel Santos disse:

    critérios/idade igual para homens e mulheres.As servidoras mulheres que quebram os Estados, sem falar o monte de licenças médicas que tiram. Conheci uma que aposentou por invalidez no Estado e abriu uma lojinha.

  35. Rique C disse:

    O resumo é: Servidor civil com alíquota de até 22% (militares com 10,5%)
    Transição dos civis 100% (militares somente 17%)
    Fim da pensão pras viúvas dos civis (pensão integral pros militares)
    Enfim, o governo está criando um abismo entre categorias.
    MELHOR QUE DEVOLVESSE A GRANA QUE OS SERVIDORES CIVIS PAGARAM (por décadas) ACIMA DO TETO DO INSS E IGUALASSEM A TODOS!

    • Antonio Carlos Wanderley disse:

      Se não é igual para todos não é reforma e sim “sac anagem”. Parece que o PT que gostava tanto de pobres que queria todos os braileiros pobres e este só gosta de militares querendo-os com mais privilégios.

      • Albenário José Brainsmaint disse:

        Essa história de PT já deu….
        Os números oficiais te desmentem e estão aí para serem consultados…São frios.
        O País tá afundando a uma velocidade incrível.
        É hora de acordar…E de crescer intelectualmente…

        • Jayme Santos disse:

          Albenário é só enxergar o cenário, não somente para frente mais principalmente para trás. Ou você acha que chegamos aonde estamos em apenas 1 ano e cinco meses? ( um ano do Drácula e cinco meses do Bozó ). Tudo começou ainda no Governo Geisel, após um bom trabalho feito no Governo Castelo Branco e colhido o bom fruto no Governo Médici. Agora, que o dedo ( ausente ) de um certo senhor e a inteligência incomensurável de uma determinada senhora, foram fundamentais, para que conseguíssemos atingir essa linda situação econômica. Isso sem falar nos fiscais do Sarney, no fusquinha do Itamar e no Socialismo Moreno do FHC. ” A burrice no Brasil, teve um passado glorioso e um futuro promissor.”

        • Frytz the Sexy Lhama disse:

          Certo, então as dividas deixadas por governos anteriores nao interferem nos atuais? É brincadeira hem, no MT o governador pegou um emprestimo de 1 bilhao com 4 anos de carencia, atitude totalmente irresponsavel e sacana. O endividamento do pais na epoca do lula caiu no coloca da dilma, ela raspou o tacho de tudo que é fundo para tentar esconder o defict. Estamos colhendo os frutos, aperta o cinto porque nao será facil, espero que o povo cobre sempre responsabilidade dos governantes

        • Antonio Carlos Wanderley disse:

          Desculpe amigo mas os numeros oficiais ja mostravam isto desde que o plano Real foi destruído pelo Lula, pouco antes da “marolinha”. Os números mostram recessão desde 2014 só estancada quando aquela senhora foi destituída do cargo. Infelizmente o que fizeram em 13 anos não serão corrigidos em menos de 10 ou 15, isto com muita competência e sorte. Falar em crescer intelectualmente e em numeros oficiais e dizer que estamos afundando em velocidade incrível sem admitir que desde que o projeto de poder eterno foi posto em prática não me parece crescimento, quanto mais intelectual.

        • Pedro Hurwicz disse:

          Bolsonaro já demitiu 21.000 funcionarios sem concurso, tem reduzido gastos em todos os ministérios, organizou a farsa “mais médicos” e a lei Rouanet, privatizou estatais, está renegociando contratos, mas ainda assim o Brasil pagará por muitos anos pela tragédia petista encerrada em 2016.
          “Essa reforma é para ajudar os pobres. Nós queremos garantir a aposentadoria para as futuras gerações”

      • Pedro Hurwicz disse:

        Estima-se que com a aprovação da Nova Previdência serão criados 8 milhões de novos empregos formais, além de garantir os benefícios dos atuais aposentados e aliviar os mais pobres, que pagarão ainda menos do que pagam hoje.
        Mente quem diz que a proposta beneficia os mais ricos!

        • igoissilva disse:

          Vai criar o krlho, esse blá blá blá vem desde a reforma trabalhista, que ia criar 10 milhões de empregos, MENTIRA, depois congelar os gastos com saúde e educação por UMA DÉCADA ia resolver, MENTIRA, a nova mentira é que a reforma da previdência vai fazer milagres, É MENTIRA!!! Só vai beneficiar banqueiro!

          • Pedro Hurwicz disse:

            Bolsonaro já demitiu 21.000 funcionarios sem concurso, tem reduzido gastos em todos os ministérios, organizou a farsa “mais médicos” e a lei Rouanet, privatizou estatais, está renegociando contratos, mas ainda assim o Brasil pagará por muitos anos pela tragédia petista encerrada em 2016.
            “Essa reforma é para ajudar os pobres. Nós queremos garantir a aposentadoria para as futuras gerações”
            Além dos inúmeros leilões de ferrovias, portos, aeroportos e rodovias já promovidos pelo nosso governo, que levarão desenvolvimento para todo o Brasil, outras concessões serão realizadas ainda em 2019, devendo atrair mais R$ 9,1 BILHÕES em investimentos para o nosso país.

            “Este governo gosta de capital, gosta de empresário, gosta de lucro porque acredita que somente iniciativa privada é a geradora de riqueza e a criadora de empregos”.

    • ELCIO disse:

      Sem esquecer que o “Messias” foi para a reserva remunerada aos 34 anos…. Tão patriota. Agora ele acha que é essencial se aposentar aos 65 anos, senão o Brasil quebra. Também, num país onde o (que se diz) Presidente acredita que a terra é plana…..

      • Pedro Hurwicz disse:

        Os avanços que o Brasil precisa dependem da aprovação da Nova Previdência. É a partir dela que o país terá condições de estabilizar as contas, potencializar investimentos, viabilizar uma rígida reforma tributária e enxugar ainda mais a máquina pública, reduzindo nossas estatais.

        • ELCIO disse:

          O que o Brasil precisa é acabar com essa hipocrisia. Uma pessoa que se aposentou (ou reformou para os mais técnicos), aos 34 anos, como o Bozo, não tem a mínima condição moral de querer qualquer coisa com relação à aposentadoria dos outros. E se ele quisesse mesmo mudar alguma coisa na Previdência, poderia ter feito um projeto de lei, durante os 28 anos que passou na Câmara de Deputados…. coisa que ele nunca tentou fazer.

          • Pedro Hurwicz disse:

            Além dos inúmeros leilões de ferrovias, portos, aeroportos e rodovias já promovidos pelo nosso governo, que levarão desenvolvimento para todo o Brasil, outras concessões serão realizadas ainda em 2019, devendo atrair mais R$ 9,1 BILHÕES em investimentos para o nosso país.

            “Este governo gosta de capital, gosta de empresário, gosta de lucro porque acredita que somente iniciativa privada é a geradora de riqueza e a criadora de empregos”.

    • HELDER RODRIGUES DE OLIVEIRA disse:

      Já fizeram Reforma na Previdência em: 1.998 (FHC), 2003 (LULA) e em 2016 (DILMA) – o que afetou a economia do país? – NADA. O que essa Reforma vai afetar a economia do país? – NADA – Essa como as outras retira dinheiro do trabalhador (aumenta tributos) e diminui benefícios, ou seja, retira dinheiro do Trabalhador e dá ao Estado para diminuir seu déficit causado por INEFICIÊNCIA e roubos E PIOR DE TUDO – CONTINUARÁ O DÉFICIT NA PREVIDÊNCIA. Solução – mudar a forma de arrecadação – substituir todos os impostos previdenciários (PIS, COFINS, CSLL, contribuições de patrões e EMPREGADOS) por um ÚNICO IMPOSTO – IMPOSTO SOBRE PAGAMENTOS – que teria uma alíquota de aproximadamente 2,5%. Hoje o trabalhador paga de 8% a 11% – RESULTADO ganhariam de 5,5% a 8,5% de salários – BILHÕES seriam injetados mensalmente na economia – crescimento e emprego seriam gerados – impostos ao governo em nível exponencial – FIM DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA. Porque não fazem isso?? Porque são BURROS, INCOMPETENTES, IDIOTAS.

    • Paulo Leirinha disse:

      Já é errado não considerar como direito adquirido (sim, por que não?) o “contrato” celebrado entre qualquer contribuinte e o Governo quando do início das contribuições. Mas não haver uma transição decente é um ABSURDO! O óbvio seria a aplicação da lógica, sem arbitrariedades: Toda e qualquer alteração feita pela reforma (que deveria ser ÚNICA para TODOS!) deve ser aplicada de forma PROPORCIONAL sobre o TEMPO ATUALMENTE RESTANTE PARA A APOSENTADORIA. Com isso aplica-se uma simples “regra de três” para cada contribuinte, sem prejuízos e nem privilégios. E fim de papo. (Essa minha consultoria fica de cortesia, apesar de o Guedes não estar merecendo…)

  36. Neuton Costa Batista disse:

    Filha de uma….

  37. Lucas Hélio disse:

    Esse pedágio de 100% é imoral. Quem tem mais de 55 e faltando mais de 5 anos para se aposentar vai ter que trabalhar mais de 10 anos e ultrapassar os 65. Absurdo! Só tem carniceiro nesse governo.

    • Rique C disse:

      Imoral! se fosse justo, aplicariam para políticos e militares…
      Mas o governo escolheu os servidores como bodes expiatórios dessa terrível reforma de destruição da previdência social brasileira.
      Mais honesto seria devolver a grana paga acima do teto do INSS (contribuição de empregado e empregador) e liberar todos os servidores desse suplício, que é um sistema bom na teoria, na hora de cobrar o governo é um leão, mas, na prática, na hora de pagar, o empregador chama de “privilégio”.

    • Danilo da Silva disse:

      Tão reclamando do quê? Que tal começarem a trabalhar para justificarem suas aposentadorias, seus batedores de cartão?

      • silas disse:

        E que tal vc calar a boca, seu sem noção ?Nem todos os funcionários públicos ” BATEM CARTÃO ASSIM COMO VC, PEÃO “…BOA TARDE…

        • Danilo da Silva disse:

          Realmente, Silas, tem uns que não só não batem cartão como nem sabem onde deveriam trabalhar, já que o contracheque chega pelo correio para eles todo mês, não é? Vai ver você é um destes parasitas criminosos.
          E bonito é ver um posto de saúde fechado na sexta-feira por ter sido feriado na quinta. Os bandidos estão todos descansando enquanto tem doente que paga o salário deles precisando de atendimento no posto fechado.
          Eu quero mais é tirar a estabilidade de vocês e privatizar ao máximo os serviços públicos para ver vocês trabalhando para ganhar a vida. Muitos vão se matar se tiverem que trabalhar.

      • igoissilva disse:

        danilo que é incapaz de passar em concurso e deve ter um emprego de M torcendo contra quem tem capacidade…

        • Danilo da Silva disse:

          O dia que eu precisar prestar concurso público eu dou um tiro na cabeça. Não quero ser um bosta como você. Eu estou trabalhando para desenvolver um produto de valor e ganhar dinheiro sério com ele e não viver escorado na proteção do estado como todo medíocre. Ah, sobre passar em concurso, conheci gente que passava em concursos públicos e vestibulares de qualquer tipo para os outros, mas faliu uma lojinha de tintas quando quis ser empresário. Um outro que era analista de sistemas do Banco do Brasil quebrou uma lanchonete.

    • Antonio Carlos Wanderley disse:

      Não, terá que trabalhar até os 65 anos.

  38. Edmtre disse:

    Opa …me faltam 16 anos para aposentar…..100% então vou contribuir com mais 16 totalizando 32 , tenho 47 então com 79 estou aposentado….show..

  39. HELDER RODRIGUES DE OLIVEIRA disse:

    O que precisa mudar na PREVIDÊNCIA é a forma de arrecadação – instituir o IMPOSTO SOBRE PAGAMENTOS em SUBSTITUIÇÃO a todos os impostos previdenciários – PIS, COFINS, CSLL, contribuições de patrões e TRABALHADORES – esse imposto teria alíquota de aproximadamente de 2,5% – Exemplo; O trabalhador hoje paga de 8% a 11% de previdência iria pagar 2,5% de imposto sobre todos os pagamentos que realizar – sobrará 5,5% a 8,5% de seus salários, ou seja, serão dezenas de BILHÕES de reais na economia – dando um BOOM no PIB e aumentos de impostos. Além de desonerar a folha de pagamentos e ACABAR COM O DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA. Já a proposta a ser votada – apenas retira dinheiro do trabalhador e dá ao Estado, além de escravizar algumas classes de trabalhadores e destruir os pensionistas futuros.

    • Frytz the Sexy Lhama disse:

      Sua solução pode ser um caminho, mas está longe de ser a verdadeira solução. O problema é justamente a transição, nao tem dinheiro

      • HELDER RODRIGUES DE OLIVEIRA disse:

        Porque não é a solução??? Estou mencionando que deve mudar a forma de arrecadação e não há necessidade de transição. Imediatamente, a nova forma substitui a antiga e vai acabar com o déficit, até porque a alíquota pode ser variável – se houver déficit aumenta a alíquota, se houver superavit diminui a alíquota e quanto maior é o crescimento do PIB, menor será a alíquota. Já o sistema atual é insustentável, cada vez a população vai envelhecer e menos contribuintes vão ter, sem falar que alguns impostos agregam custos aos produtos, encarecendo esses produtos.

  40. Affins disse:

    como fica as aposentadorias do executivo,judiciario e legislativo,idem magistrados ?Sugiro que só para dar bom exemplo eles espontaneamente manifestem em dar o sangue por essa causa tão nobre que o governo tanto quer

  41. Valter disse:

    E quanto aos “ilustres” políticos? Continuarão com todos esses privilégios enquanto o povo paga o pato e ainda tem que sustenta-los com os altos impostos.

    • Frytz the Sexy Lhama disse:

      Sempre avisei que a conivência e conveniência dos servidores públicos com os políticos teriam um preço alto. Nenhum servidor NUNCA se manifestou contra os reajustes aburdos que receberam entre 2004 a 2014, o salario de servidor publico é pornografico, nunca se manifestaram contra o lobby da OAB em TODAS as esferas do governo, qualquer concurso para advogado tem salario superior a 12 mil. Deixaram a coisa ser dominada porque estavam ganhando junto. Agora a coisa apertou, a população nao tem de onde tirar mais dinheiro para bancar o setor publico, tudo colapsou, o rio abaixou e o lixo apareceu.

      • Antonio Carlos Wanderley disse:

        Amigo, não confunda servidores públicos com servidores do legislativo e judiciário.

        • Frytz the Sexy Lhama disse:

          Professor de uf com salário de 25k fazendo pós profissional na Europa é executivo. Não engana mais , não é só no legislativo e judiciário que tem abuso.

          • Norberto Gonçalves disse:

            Professor de UF ganhando 25k ? Nem Prof Titular ganha isso limpo. Você vive onde ???

      • José Zeca Pereira disse:

        Só se for o seu salário que subiu assim. Sou servidor público e fiquei DEZ ANOS sem um centavo de aumento: 2006 a 2016. O que veio foi uma merreca dividida em oito parcelas, a última sai este ano. Não dá pra fazer uma feira decente. REALMENTE não sei de onde você tirou essa informação. Claro, há servidores e SERVIDORES.

        • Frytz the Sexy Lhama disse:

          Qual a % da população que recebe 9 mil por mês? Somado a isso a garantia de NUNCA ficar desempregado, acesso a credito mais barato, facilidade na compra de imóvel etc etc etc.

    • Antonio Carlos Wanderley disse:

      A reforma é necessária, entretanto, enquanto não forem as mesmas regras para todos sou absolutamente contra.

  42. José José disse:

    Fora com esses NOVOS COVEIROS DO SEXAGENÁRIO!!!!

  43. Rique C disse:

    Pedágio de 100% é melhor nem existir, é uma grande mentira! Não será pedágio para quem faltar mais de 4 anos pra se aposentar! Muitos que já tem 30 anos de serviço ficarão com pedágio ZERO! ENQUANTO ISSO O PRÓPRIO GOVERNO PROPÕEM PEDÁGIO DE 17% PARA OS MILITARES!
    IMORAL!

  44. neli faria disse:

    Penso ser justo. O que não pode é permanecer essa regra draconiana do bolsonaro. Aliás, em maio de 2017 ele falou contra a Reforma do Temer: e a Reforma do Temer era menos draconiana e mais justa do que a desse Posto ipiranga. Quanto aos Militares: que desigualdade! Não se pode esquecer, senhor relator, que bolsonaro foi para a reserva aos 33 anos de idade e isso é um escárnio. Militares deveriam ter o mesmo pedágio dos civis!Ou o senhor tem medo dos militares? Um Estadista não deve temer!

  45. Zé das Couves disse:

    100% de pedágio para os civis, 17% para os militares? Tá “serto”…

    • neli faria disse:

      E o medo?

    • Rique C disse:

      Imoral! se fosse justo, aplicaram pra políticos, militares, etc…

    • Danilo da Silva disse:

      Já é algum progresso. Hoje, os inimigos públicos estão todos eles com privilégios imorais. O que professor tem de especial para se aposentar com 5 anos a menos que um programador de computador, que um investigador de polícia, por exemplo? Ah, eles podem denegrir a imagem dos políticos que não os privilegiarem em sala de aula, né?

      • Antonio Carlos Wanderley disse:

        Não amigo, os professores com a proteção que os marginais possuem atualmente, estão sujeitos à ameças, agressões, etc. que um programador não tem. Acho que para não haver privilégios, os professores, após um determinado tempo em salas de aula poderiam exercer outras funções burocráticas onde suas experiências ajudariam muito na orientação dos professores mais novos, no funcionamento das escolas e no desenvolvimento do ensino de modo geral.

      • igoissilva disse:

        o professor aguenta seu filho mal educado por muito tempo, acho até muito 55 anos…

      • Norberto Gonçalves disse:

        Dê quatro horas seguidas de aula de Físico-Química Experimental das 19 às 23 hs e na manhã seguinte, corrija uma pilha de relatórios, para você ver se é ou não desgastante. Some-se a isso as outras coisas que se tem para fazer (executar projetos, escrever artigos, etc…), comissões, etc… Se você não sabe do que fala, é melhor ficar de bico fechado para não passar vergonha. Em tempo: nas minhas aulas, não encontro tempo para ficar falando bem ou mal de políticos, eles são absolutamente irrelevantes, não vale a pena gastar tempo sobre esse assunto.

        • Danilo da Silva disse:

          Ué, mas tudo isto que você falou aí é trabalho como qualquer outro. Pior seria se você trabalhasse numa empresa privada em que teria que fazer isto e ainda sofrer a pressão da cobrança dos alunos pela qualidade do seu trabalho.

          • Norberto Gonçalves disse:

            Sim, “é trabalho como qualquer outro”, é verdade esse bilhete…. Vai nessa. Quanta desinformação… Você acha que fiz mestrado e doutorado para quê ? Pra pendurar o diploma na parede ? Então, o recém-formado sai da faculdade e aprova projeto na FAPESP ??? Começa que a FAPESP e o CNPq nem considera submissão de projeto se você não tem título de doutor. Em faculdade particular, pós-graduado normalmente não tem vez, pois acham ruim pagar a mais para profissional titulado. E a pressão que você mencionou, não é pela qualidade, é pelo índice de aprovação. Já fui docente em faculdade particular. Antes que me esqueça, faça uma visita pelas grandes indústrias químicas e pergunte a eles de onde vem os profissionais que eles contratam.

          • Danilo da Silva disse:

            Se você já trabalhou em faculdade particular, já deve ter sofrido mais pressão do que no serviço público. Nós estamos numa sociedade de mercado. Se faltar professor, as faculdades particulares vão começar a tirar os que estão no serviço público pagando mais a eles. Se você está no serviço público de um país quebrado onde ninguém está conseguindo bons salários, deve dar graças a Deus, pois ao menos tem estabilidade.

          • Norberto Gonçalves disse:

            Trabalhei sim, na época do mestrado. A pressão que havia era para o índice de aprovação ficar maior do que 75%. Na federal, a pressão é maior: dar aula (graduação e pós), fazer pesquisa, orientar IC, mestres, doutores, captar recurso com projeto, publicar (em revista boa, não em qualquer porcaria), integrar as comissões, etc… Com certeza que dou graças a Deus, não há um maldito dia em que eu não me lembre disto. Se faltar professor, eles vão entupir os caras de aulas, pois afinal, em faculdade particular geralmente não se faz pesquisa. E DUVIDO MUITO que quem esteja empregado nas universidades públicas vai se sujeitar ao sabor das ondas do mercado das particulares, além de perder a chance de fazer pesquisa.

          • Norberto Gonçalves disse:

            E digo mais. Enquanto você está aí no conforto do seu lar, navegando pela internet e postando inveteradamente como já pude perceber, eu estou trabalhando, corrigindo relatórios, em plena sexta à noite, aqui na Universidade. Já você, parece que tem bastante tempo livre. Já experimentou ajudar a patroa a passar roupa ??? E o povo dá um monte de positivo nos seus posts. Isso explica muita coisa. P.S.: não sou eleitor do PT.

          • Danilo da Silva disse:

            Eu sou programador de computador e estou trabalhando num projeto meu para vender pela Internet. Vou até sei lá que horas da madrugada hoje. Como fiz alguns bons negócios hoje, estou mais relaxado, mas ontem, por exemplo, fui dormir às 23 hs e acordei às 3 da madruga para voltar a trabalhar no meu projeto. Se você tá fazendo hora extra, tem que cobrar. Por que os professores não esfregam isto na cara dos governadores?

          • Norberto Gonçalves disse:

            No regime de DE (dedicação Exclusiva) não existe essa de hora extra.

    • Pedro Hurwicz disse:

      “Serto” não esta mais CERTO só pra que sabe português

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via