Congresso em Foco

Polícia Militar do Distrito Federal[fotografo]Vinicius de Melo/Agência Brasília[/fotografo]

Congresso vota aumento de até 25% para policiais e bombeiros do DF

4 respostas para “Congresso vota aumento de até 25% para policiais e bombeiros do DF”

  1. Edison Sampaio disse:

    Convictos de q o Povo Brasileiro é gado curraleiro, muito manso, a classe política usa e abusa. De fato, adoramos sofrer, pois continuaremos a votar na mesmice q atenta contra os interesses do Povo. Somos gado, apenas.

    • Aristóteles Barros da Silva disse:

      Observe, amigo! Aumento para militares, aumento para seguranças de quase todos os matizes. Andaram “deslizando” até os 600reais para militares, também e ilegalmente. E o povo que se foda com o congelamento de salários, sem aumento e sem reclamar. Vida de gado, amigo!

      • Edison Sampaio disse:

        Verdade. E por qual motivo, na atual conjuntura de pré-depressão sócio-economica, o Bolso insiste em possibilitar aumento para o pessoal da Segurança (em detrimento do pessoal da Saúde)? Ora, para quem flerta com o totalitarismo, o pessoal da Segurança é um aliado imprescindível. Vide Hugo Chaves, na arrasada Venezuela. É preciso abrir o olho!

  2. Thiago Dias disse:

    ..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via