Congresso em Foco

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.[fotografo]Paulo Pinto/Agência PT[/fotografo]

Lula vira réu pela quarta vez na Lava Jato

23.10.2020 21:02 5

Publicidade

5 respostas para “Lula vira réu pela quarta vez na Lava Jato”

  1. Elena disse:

    É como o jornalista Fernando Brito escreveu em seu blog: “Aceitou uma ação penal – a quarta de Curitiba – em que se acusa o ex-presidente Lula de chefiar uma organização criminosa que objetivava “lavar dinheiro” nos contratos firmados pela Petrobras.

    É uma repetição ardilosa da acusação da qual o ex-presidente já foi absolvido, no final de 2019, pela Justiça Federal de Brasilia.

    Em direito, processar a mesma pessoa sob a acusação dos mesmos delitos tem o nome de bis in idem“.

    E o princípio do non bis in idem está garantido no Pacto de São José da Costa Rica, do qual o Brasil é signatário.. diz que o acusado já absolvido por sentença passada não poderá ser submetido a novo processo pelos mesmos fatos”.

  2. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Só não podem é ligar o som do microfone.
    Senão o Encantador de Burros começa a falar e junta uma Récua para escutar os autoelogios e ainda bater palmas.

  3. wzfr disse:

    O maior ladrão do Brasil é tetra.

  4. Valdir disse:

    Isso não é novidade, é rotina!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via