Vacinação em Goiás começa por Anápolis, cidade que recebeu brasileiros de Wuhan

A cidade de Anápolis, localizada a 55 km de Goiânia, será a primeira a receber a vacina Coronavac em Goiás. De acordo com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), a escolha é uma deferência ao município que recebeu, em fevereiro do ano passado, 34 passageiros brasileiros e cônjuges chineses procedentes de Wuhan, primeiro epicentro da pandemia. Na época, o vírus ainda não havia desembarcado no Brasil. Caiado, que foi a São Paulo buscar o primeiro lote da Coronavac nesta manhã, disse que as primeiras das 87.172 doses destinadas ao estado serão aplicadas em profissionais da saúde às 17h em Anápolis.

>Estados devem começar a vacinar nesta segunda. Veja quantas doses cada um receberá

"Por que a cidade de Anápolis? Porque foi a cidade que recepcionou os brasileiros que estavam em Wuhan, na China, quando aconteceu a contaminação. Em retribuição a todos os anapolinos, começaremos por lá e na capital, em Goiânia", explicou em vídeo divulgado por sua equipe. "Já estamos levando as nossas vacinas, 87.172 doses. Hoje, 17h vamos começar a vacinação no estado de Goiás. Prioridade aos idosos e também toda equipe médica de saúde pública que está à frente na luta conta a covid-19", disse.

Os passageiros vindos de Wuhan ficaram em isolamento em Anápolis por 14 dias, até que se concluiu que nenhum deles estava infectado. Só então eles puderam seguir para as suas cidades de origem. Os primeiros casos de covid-19 no Brasil só foram registrados semanas depois.

>Após Doria vacinar primeiro, Pazuello acusa SP de quebrar pacto federativo

Continuar lendo