Caos em Manaus reduz apoio a Bolsonaro a 7% dos perfis do Twitter

A crise de abastecimento de oxigênio que assola Manaus (AM) gerou mais 1,18 milhão de tweets em 24 horas - das 12h de quinta (14) às 12h de sexta (15). O mapeamento dessas intereações, feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP), mostra o campo da direita isolado com 7% dos perfis.

O bolsonarismo ficou isolado após uma mobilização convergente de diversos artistas e de diferentes campos políticos no sentido de cobrar ações do governo federal para minimizar o caos sanitário. 

O discurso dos apoiadores do governo tem sido no sentido de reconhecer o problema, mas  apontar os governos locais como culpados.

 

Vermelho ‒ 36,5% dos perfis | 41,0% das interações
Ancorado em perfis de políticos alinhados à esquerda e de alguns influenciadores, o grupo de maior engajamento no debate alerta sobre a gravidade da situação em Manaus e cobra urgência do governo federal para providências. Postagens destacam, ainda, a ajuda oferecida pela Venezuela ‒ e o fato de o país ser alvo de críticas por parte de alguns brasileiros ‒, bem como a mobilização de artistas para prestar socorro ao município. A decisão de governantes de suspender o isolamento social na capital amazonense, no final do ano passado, também foi alvo de críticas do grupo.

Amarelo ‒ 25,6% dos perfis | 24,1% das interações
Grupo que conta com perfis de algumas poucas celebridades e muitos usuários em geral se empenha em compartilhar detalhes de situações pontuais, que refletem a crise sanitária enfrentada em Manaus, tais como a busca desesperada de cidadãos e órgãos por cilindros de oxigênio e outros materiais hospitalares.

Laranja ‒ 11,6% dos perfis | 9,6% das interações
Núcleo composto por diversas celebridades, artistas e influenciadores, o grupo se concentra em impulsionar a campanha lançada pelo influenciador @whindersson, que convoca a classe artística a se mobilizar na compra e no envio de cilindros de oxigênio para Manaus.

Azul ‒ 7,1% dos perfis | 7,5% das interações
Mobilizado por perfis de políticos, blogueiros e influenciadores conservadores, em resposta a ataques que miram o governo federal, o grupo insiste na narrativa que responsabiliza a gestão do governador do Amazonas pela crise enfrentada na capital.

Rosa ‒ 5,5% dos perfis | 9,3% das interações
Expressando preocupação ‒ e um certo espanto ‒ com a situação na capital amazonense, grupo com perfis de usuários em geral se empenha em mobilizar a campanha “oxigênio para Manaus”, que chama a atenção para a falta de cilindros de oxigênio nos hospitais do município e alcançou, no período analisado, cerca de 265,9 mil postagens .

Verde ‒ 3,7% dos perfis | 2,6% das interações
Com menor participação no debate, o grupo se comove com a iniciativa estimulada pelo inflluenciador @whindersson, ao mesmo tempo em que critica políticos e governantes por uma suposta omissão no planejamento e, agora, no enfrentamento da crise.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!