Nova York registra primeiro caso da variante brasileira do coronavírus

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou ontem (20) o primeiro caso de covid-19 da variante P1 identificada inicialmente no Brasil. Segundo o governador, o paciente tem 90 anos e mora no Brooklyn e não tem histórico de viagens recentes. O diagnóstico foi feito no hospital local e ainda não se sabe como a pessoa contraiu o vírus. A identidade do paciente é mantida em sigilo pelo governo. A informação é do portal G1.

Um caso dessa mesma variante havia sido detectado em janeiro, no estado de Minnesota, em um paciente que esteve no Brasil recentemente. Hoje, 48 casos estão em análise nos Estados Unidos pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças. Diante do caso em Nova York, o governador, ressalta a importância em se manter as medidas de segurança.

"Embora seja normal que um vírus sofra mutação, a melhor maneira de se proteger é continuar a usar uma máscara bem ajustada, evitar grandes multidões, distância social, lavar as mãos e ser vacinado quando for sua vez", explica.

Na última semana, com aproximadamente dois meses de governo, o presidente americano Joe Biden completou 115 milhões de vacinados. Ele bateu a meta prometida de vacinar 100 milhões de pessoas contra a covid-19 antes de completar o 100° dia de governo. Hoje, o governo americano fala em 200 milhões de doses aplicadas até a data.

Ontem o Itamaraty afirmou estar em tratativas com o governo americano para importar o excedente de vacinas do país. A pasta diz que as negociações começaram dia 13 de março. No entanto, só se manifestaram publicamente após o ex-presidente Lula conceder uma entrevista à CNN americana, sugerindo que Biden convocasse uma reunião emergencial do G20 sobre a expansão da vacinação no mundo e que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) enviasse um ofício à vice-presidente americana Kamala Harris pedindo ajuda para o país.

>Deputada pede afastamento de ministro da Justiça por abuso de autoridade

>Bolsonaro quer garantir foro privilegiado a Pazuello antes de nomear novo ministro

Continuar lendo