Associação Médica alista voluntários contra covid: “O futuro é sombrio”

A Associação Médica Brasileira (AMB) começou uma campanha de alistamento de médicos voluntários para atuarem no combate à pandemia de covid-19. 

A meta da "força-tarefa" é criar grupos de profissionais para atender pacientes infectados pelo novo coronavírus em todas as regiões do Brasil, principalmente nas que necessitam de reforço médico, como ocorre atualmente com Manaus e todo o estado do Amazonas. 

A AMB vai cadastrar, entrevistar e selecionar os médicos interessados, inclusive para garantir a o cuidado com a saúde dos voluntários. A instituição vai oferecer ainda um treinamento com alguns dos principais especialistas do Brasil para garantir assistência de qualidade.

“Vê-se com clareza e apreensão o agravamento da pandemia que tão gravemente tem assolado nosso país. Vivemos dias difíceis e o futuro é sombrio. Cabe-nos a todos cidadãos brasileiros contribuir, na medida de nossas capacidades, para a superação deste momento”, diz trecho de uma nota publicada pela entidade. 

A ação será feita em parceria com associações estaduais e sociedades de especialidades médicas, ampliando a capilaridade dos atendimentos à população. Já está no ar um link para a inscrição de médicos interessados.

Neste domingo (17), o novo presidente da entidade, César Eduardo Fernandes, também fez um pronunciamento em defesa da vacina. Ele tomou posse no dia 9 de janeiro e, desde os primeiros dias de gestão, tem priorizado o combate à pandemia.

“Este é um dia de muita alegria. A Anvisa acaba de aprovar as vacinas contra o coronavírus para proteger cada um dos brasileiros desta terrível doença que é a covid-19 [...] Na hora que você for convocado a vacinar não se exima desta responsabilidade para consigo próprio, sua família, seus amigos e toda a população. Não se deixe levar por fake news, por notícias irresponsáveis”, disse Fernandes. 

Leia a íntegra da nota da AMB:

FORÇA-TAREFA AMB COVID-19

Caros Colegas,

Vê-se com clareza e apreensão o agravamento da pandemia que tão gravemente tem assolado nosso país. Vivemos dias difíceis e o futuro é sombrio.
Cabe-nos a todos cidadãos brasileiros contribuir, na medida de nossas capacidades, para a superação deste momento.

A Associação Médica Brasileira, suas Federadas e Sociedades de Especialidades têm neste problema o foco prioritário de sua atenção.

Nosso objetivo, nesse momento é alistar voluntários médicos de todas as especialidades e capacita-los a participar de forma efetiva no enfrentamento da COVID-19, seja agora, em Manaus, seja onde vierem a ser necessários.

 

Estados devem começar a vacinar nesta segunda. Veja quantas doses cada um receberá

Vacinação em Goiás começa por Anápolis, cidade que recebeu brasileiros de Wuhan

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!