Após críticas, governo voltará a divulgar dados da covid-19 às 18h

O Ministério da Saúde se comprometeu a divulgar diariamente os dados consolidados da covid-19 às 18h. Segundo o secretário da pasta, Élcio Franco, para que a divulgação seja feita neste horário, todos os estados devem enviar seus dados até às 17h.

O governo vem sendo criticado por ter mudado o horário de divulgação para às 22h. O presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer que o atraso na divulgação era para que os dados não pudessem aparecer nos telejornais noturnos.
De acordo com o diretor do departamento de análise em saúde e vigilância de doenças não transmissíveis, Eduardo Macário, o governo apresentará dados mais completos para facilitar a compreensão da pandemia e também voltará a mostrar o total de casos e de óbitos, que estavam sendo omitidos do site do Ministério da Saúde.
Para essa divulgação mais completa, o governo criará um novo site que, segundo o Ministério da Saúde, será atualizado em tempo real, assim que os estados incluírem os números no sistema. O site deverá ser disponibilizado na próxima terça-feira (9), por meio do domínimo opendatasus.saude.org.br.

De acordo com o secretário coronel Élcio Franco, o vírus está migrando para cidades do interior. “As capitais estavam com nível de comprometimento elevado e os casos graves de UTI agora têm caído. Esse novo gráfico possibilitará uma radiografia por estados e região”, aponta.

A decisão do governo só foi tomada, após as secretaria estaduais de saúde terem decidido divulgar os dados completos da pandemia no país. A Câmara dos Deputados também avalia a possibilidade de disponibilizar uma contagem independente dos dados.

Nesta segunda-feira (8), o Brasil registrou 15.654 novos casos de covid-19 e 679 novos óbitos em 24 horas. No total, 37.124 brasileiros morreram em função da doença e 710.670 pessoas foram infectadas no país.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!