Anvisa autoriza pesquisas clínicas com a Butanvac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quarta-feira (9) o início das pesquisas clínicas com a Butanvac, vacina produzida inteiramente pelo Instituto Butantan. Com isso os testes em humanos poderão ter início no Brasil.

Segundo a agência reguladora, a fase clínica se dividirá em duas etapas, feitas em São Paulo e Ribeirão Preto (SP). Na primeira fase, serão utilizados 400 voluntários para os teste. Na segunda, cerca de 5,4 mil voluntários com 18 anos ou mais. Os testes clínicos são a última etapa. Antes as pesquisas precisam indicar a eficácia e segurança do imunizante para uso na população.

A Butanvac foi apresentada no final de março pelo governo de São Paulo, que comanda o Instituto Butantan. Ao contrário da Coronavac, também produzida no instituto, a Butanvac pode ter sua produção feita nacionalmente a partir de ovos de galinha.


> Técnicos da CPI levam argumentos para CBF contra Copa América
> Arthur Weintraub diz que aconselhou presidente, mas nega gabinete paralelo

Continuar lendo