Congresso em Foco

Uso e cobertura de terras.

Governo ignora total de terras ocupadas por estrangeiros no país

28.03.2017 08:00 7
Atualizado em 30.03.2017 18:48

Reportagem Em

7 respostas para “Governo ignora total de terras ocupadas por estrangeiros no país”

  1. magnomaxx2010 disse:

    Muito países, inclusive o Estados Unidos patria do turbo capitalismo, impõem limites e restrições a aquisição de terra por estrangeiro. No Brasil, eles usam laranjas para comprar terra, especialmente no oeste baiano.

  2. Pacificattore disse:

    É muito preocupante esse negócio de terras compradas por estrangeiros.
    Vai que eles voltam para seus países, e levam a terra junto com eles…
    Esse nacionalismo burro e barato, me enche o saco!!!
    Precisamos de INVESTIDORES.
    Pessoas que invistam no agronegócio, e gerem EMPREGOS e DIVISAS.
    Seja lá de onde venham, desde que invistam, gerem empregos e paguem impostos, o resto é só conversa mole.

    • Gustavo Barros disse:

      É mesmo? E você acha que os países desenvolvidos tratam de que forma a questão da aquisição de suas terras por estrangeiros? E isso nada tem a ver com nacionalismo. Isso é visão estratégica, geopolítica aplicada, e defesa da soberania nacional. Esse controle rígido evita evasão de divisas, sonegação de impostos, danos ambientais e sociais etc. E outra: agronegócio gera “empregos” e “divisas” para quem, cara pálida? Ainda mais se tratando de multinacionais? Esse neoliberalismo pseudo-voluntarista e ingênuo me irrita, viu! Aliás, depois da crise de 2008, eu pensei que fosse moralmente proibido defender qualquer tipo de neoliberalismo…

      • Pacificattore disse:

        Tá irritadinho comuna bobalhão?
        Acha que podem impedir quem quer que seja, compre terras, industrias ou serviços aqui?
        Muito fácil contornar isso, se quiserem.
        É só usar um testa de ferro local, e pronto, ninguém fica sabendo de nada. Algo que aliás, já é feito há muito tempo…
        Deixe de ser manobrado Mortadela, uma mão de obra barata, esquerdinha tupiniquim. Esse papo furado, pré-diluviano já acabou no restante do mundo civilizado, faz tempo.

        • Gustavo Barros disse:

          “Comuna bobalhão”, “mortadela”… Faz-me rir o uso de terminologias tão pobres e vagas! Termos como esses demonstram quem de fato é alienado e mentecapto. Defender a soberania nacional agora é ser comunista? Aliás, esse papo é bastante comum em neoliberalistas entusiastas como você, não é? Você acha mesmo que os países desenvolvidos são displicentes e omissos quando o assunto é a defesa de seus interesses? Procure saber como é a legislação do “mundo civilizado” sobre a aquisição de terras e participação de capital estrangeiro em suas empresas, e depois volte aqui com esse seu voluntarismo econômico rasteiro. Sua argumentação é tão pobre e tacanha, que já deixou escapar, sem querer, qual é o interesse das multinacionais em qualquer lugar do mundo: mão-de-obra barata.

    • Joanino disse:

      Voce e um imbecil. Terras sao tomadas a força. Sso do brasil, mas pertence a estrangeiros em um litigio os paises sede pode tomar a força ou exigir çagamentos altíssimo. Va estudar historia e veras que isso foi feito várias vezes.

      • Pacificattore disse:

        Joaninha, imbecil é o infeliz (e desconhecido) doador do espermatozoide anencéfalo, responsável pela sua infeliz concepção.
        Logo você que não sabe nem escrever, ainda quer mandar os outros estudarem????
        kakakakakakakaka!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via