Denúncia do golpe no Oscar, diz Dilma sobre indicação de Democracia em Vertigem

A ex-presidente Dilma Rousseff comemorou nesta segunda-feira (13) a indicação de Democracia em Vertigem ao prêmio de melhor documentário no Oscar e afirmou que a nomeação demonstra que a "verdade não está enterrada".

> Opinião: Democracia em vertigem

A produção, distribuída pela Netflix, retrata o processo que levou ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) sob o ponto de vista da diretora Petra Costa. A presença do documentário brasileiro na lista despertou muitos comentários políticos nas redes sociais, com a oposição comemorando o reconhecimento do Oscar e a direita chamando o documentário de ficção.

Na nota divulgada nesta tarde, Dilma parabeniza Petra e a equipe do filme  e afirma que o a produção mostra a "história do Golpe de 2016", que a tirou da presidência "por meio de um impeachment fraudulento".

"O filme é corajoso, por mostrar o jogo sujo que resultou no meu afastamento do poder e como a mídia venal, a elite política e econômica brasileira atentaram contra a democracia no país, resultando na ascensão de um candidato da extrema-direita em 2018", afirma em nota.

> Bolsonaro veta lei de incentivo ao cinema; deputado quer reverter decisão

> Cristovam faz inventário dos erros da esquerda e do centro que levaram Bolsonaro ao poder

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!