Novo partido de Jair Bolsonaro deve contar apenas com Flávio no Senado

O novo partido que será anunciado na tarde desta terça-feira (12) pelo presidente Jair Bolsonaro conta apenas com Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) como nome confirmado no Senado. No entanto, há a procura de mais filiados em outros partidos.

>Bolsonaro decide sair do PSL e fundar novo partido

A informação foi confirmada ao Congresso em Foco por aliados de Jair Bolsonaro e também por apoiadores do presidente do PSL, Luciano Bivar.

O presidente da República e seu grupo político decidiram sair do PSL e anunciar a filiação a um novo partido que ainda será criado.

Além de Flávio, a bancada do PSL no Senado conta com hoje com Major Olimpio (SP), que é o líder, e Soraya Thronicke (MS). Ambos continuarão no partido.

Pelas críticas que fez ao presidente e seus filhos, Olimpio não foi sequer convidado para a nova legenda. Não houve veto a Soraya Thronicke, mas ela continuará no PSL.

Bolsonaro vive uma crise interna com PSL, partido pelo qual foi eleito presidente da República em 2018.

A crise na sigla do presidente da República foi destacada pelo Congresso em Foco em setembro, quando deputados revelaram ao site que a situação dentro do partido era de racha e possível debandada.

O clima piorou no dia 8 de outubro, quando Bolsonaro disse para um seguidor esquecer da sigla. Desde então, troca de farpas estão acontecendo dos dois lados. Bolsonaro e seus aliados têm sido mais ferrenhos; do outro, o presidente do partido, Luciano Bivar, e deputados que não fazem parte da ala mais bolsonarista.

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!