MP da Eletrobras será analisada em sessão extra na Câmara

A medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras deve ser apreciada pela Câmara já na próxima  segunda-feira (21) em uma sessão extraordinária. O compromisso de levar o texto a apreciação foi assumido pelo presidente da Casa, deputado Arthur Lira (PP-AL) durante reunião de líderes nesta quinta (17), caso o Senado validasse a MP. Minutos depois o texto-base foi aprovado pelos senadores por 42 votos a 37

"Nós convocaremos [sessão] segunda, às 15h. Será só para tratar num caso de retorno [da MP]", disse Lira.  

O relatório do senador Marcos Rogério (DEM-RO) teve aprovação em meio à críticas. Desde a quarta-feira (16), ele apresentou três versões do parecer, na tentativa de preservar as mudanças feitas pelos deputados. Como foram aprovadas as alterações, o texto precisará ser novamente analisado na Câmara

Também estão no radar da Câmara projetos que dependem do Senado. Entre eles, o PLP 16, do Executivo, que altera a aplicação do ICMS sobre os combustíveis e outros derivados como lubrificantes, gás natural, GLP e querosene, além da reforma tributária e do projeto que viabiliza o homeschooling como prática educacional reconhecida no país. 

Entre terça e quarta-feira, os deputados devem analisar a Medida Provisória (MP) 1040/21, que faz várias mudanças na legislação a fim de eliminar exigências e simplificar a abertura e o funcionamento de empresas como forma de otimizar “ambiente de negócios”.

> MP da Eletrobras: veja como cada senador votou

> Senado aprova texto-base da MP da Eletrobras

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

JUNTE-SE A NÓS

 

Continuar lendo