Flávio Bolsonaro diz que CPI é irresponsável porque causa aglomeração

O senador Flávio Bolsonaro (Republcianos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, criticou a instalação da CPI da Covid com encontros presenciais porque disse que as reuniões causarão aglomerações que poderão levar à morte de servidores e senadores por covid-19. A família Bolsonaro, sobretudo o presidente, critica frequentemente as medidas de isolamento. Jair Bolsonaro também desrespeita seguidamente as recomendações de distanciamento e uso de máscara.

"Está sendo irresponsável porque está assumindo a possibilidade de, durante os trabalhos desta CPI acontecerem mortes de senadores, mortes de assessores, morte de funcionários desta casa em função da covid porque em algum momento as audiências e as sessões terão que ser presenciais", disse o senador.

Ao fim da reunião, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI, disse que a declaração de Flávio deve ser comemorada, já que é a primeira vez que ele se preocupa com a covid e  parece estar deixando do negacionismo.

Continuar lendo