“Criar tensão institucional não ajuda o país”, diz Maia sobre Bolsonaro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), manifestou-se pela primeira vez sobre o compartilhamento, feito pelo presidente Jair Bolsonaro, do vídeo com convocação para ato contra o Congresso Nacional no próximo dia 15.  Maia, que já foi incisivo nas críticas a Bolsonaro em outros episódios, adotou tom brando em sua nota.

> Ex-presidentes veem ato de Bolsonaro como ataque “gravíssimo” à democracia

"Só a democracia é capaz de absorver sem violência as diferenças da sociedade e unir a Nação pelo diálogo. Acima de tudo e de todos está o respeito às instituições democráticas. Criar tensão institucional não ajuda o país a evoluir. Somos nós, autoridades, que temos de dar o exemplo de respeito às instituições e à ordem constitucional. O Brasil precisa de paz e responsabilidade para progredir", escreveu o deputado no Twitter.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!