Câmara decide como será realizada a eleição da Mesa Diretora

A Mesa Diretora da Câmara deve decidir nesta segunda-feira (18), em reunião marcada para às 10h, data e formato da eleição para a presidência da Casa em fevereiro.

A sugestão de Rodrigo Maia é que parlamentares do grupo de risco possam votar pelo sistema interno da Casa, a distância, como tem sido feito com as matérias e demais votações da Câmara.

>Candidato de Bolsonaro vota menos com o governo do que rival

"A segunda onda tem mais necessidade de UTIs e esperamos que os cientistas possam ser ouvidos para decidirmos se pode haver excepcionalidade para os que estão em grupo de risco".

De acordo com Maia, a eleição já está sendo organizada para que seja presencial. Dois espaços para votação estão sendo preparados nos Salões Nobre e Verde para comportar os deputados. A data da eleição ainda está em aberto, mas tudo indica que a votação será no dia 2 de fevereiro.

A Mesa também deve discutir a situação do PSL. Na semana passada, 32 dos 52 deputados da legenda protocolaram pedido para deixar o bloco do candidato Baleia Rossi (MDB-SP) e entrar no de Arthur Lira (PP-AL). A ala pró-Baleia alega que a decisão não tem validade porque 17 desses deputados estão suspensos pelo partido.

>Simone Tebet fecha aliança com Podemos e Cidadania no Senado

Continuar lendo