Câmara aprova urgência para votar porte rural de armas

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (20) urgência para que o projeto que flexibiliza a posse o porte de armas dentro de propriedades rurais seja votado no plenário da Casa Legislativa. O texto deve ser analisado pela Câmara na sessão desta quarta-feira (21).

A votação pelo pedido de urgência foi simbólica, sem o registro dos nomes dos votantes.  A medida é uma das principais defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro.

O Senado aprovou no dia 26 de junho projeto de lei que permite a proprietários rurais o porte em toda a extensão desses imóveis.

De autoria do senador Marcos Rogério (DEM/RO), o projeto tira uma dúvida existente em relação à legislação vigente atualmente, que não deixa claro se o proprietário rural que tem armas devidamente registradas pode portá-las em qualquer parte da sua propriedade ou apenas na sede do imóvel.

Veja quem votou contra e a favor do decreto das armas de Bolsonaro no Senado

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!