Bolsonaristas planejam caravana para pressionar por eleição de Arthur Lira

Um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro planeja uma série de caravanas, de diversos locais do Brasil, rumo ao Congresso Nacional no início de fevereiro. O objetivo é apoiar à eleição o candidato do presidente à Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), além de defender o chamado "voto impresso".

A manifestação, planejada para ocorrer em 1º de Fevereiro, é organizada por um pastor evangélico de Brasília. A intenção das caravanas, que segundo a organização já contariam com cerca de 1000 pessoas confirmadas, é pressionar pela eleição de Lira para que este paute no Plenário da Câmara a questão do voto impresso.

A pauta é defendida por apoiadores do presidente Bolsonaro como medida para acabar com fraudes nas eleições brasileiras, mesmo que nenhuma destas denúncias tenham sido comprovadas ao longo das décadas. Organismos internacionais e mesmo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atestam cotidianamente a segurança das urnas eletrônicas no Brasil.

Os manifestantes argumentam que apenas Arthur Lira poderá tratar do tema, caso eleito. O deputado, um dos favoritos para a presidência, deverá travar uma disputa contra Baleia Rossi (MDB-SP), candidato apoiado por uma ampla gama de partidos que vai do PT ao PSL, e conta com o apoio e a articulação do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A eleição, segundo Maia, está agendada para o dia 2 de fevereiro, uma terça-feira.


> Psol decide disputar presidência da Câmara com Luiza Erundina
> Candidato de Bolsonaro vota menos com o governo do que rival

Continuar lendo