Senador protocola voto contrário à indicação de Kássio Nunes Marques

O senador Alessandro Vieira (Cidadania - SE) protocolou, nesta segunda-feira (19), voto contra a indicação de Kassio Nunes Marques para a vaga deixada no Supremo Tribunal Federal (STF)pelo ministro Celso de Mello, que se aposentou na semana passada.

>Quatro participantes do jantar de Maia e Guedes estão com coronavírus

O desembargador está entre os nomes que serão sabatinados nesta semana pelos senadores. Kassio terá de responder a questionamentos dos integrantes da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na próxima quarta-feira (21). A previsão é que a indicação dele seja votada tanto na CCJ quanto no plenário no mesmo dia.

As principais informações deste texto foram enviadas antes para os assinantes dos serviços premium do Congresso em Foco. Cadastre-se e faça um test drive.

Em seu voto pela rejeição do nome do desembargador, Alessandro Vieira alega que o magistrado não atende aos requisitos de "notável saber jurídico" e "reputação ilibada". Segundo ele, as inconsistências no currículo de Kassio desabonam sua ida para o Supremo.

O texto paralelo do senador sergipano é oposto ao apresentado pelo relator da indicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro. Eduardo Braga (MDB-AM) recomendou a aprovação do desembargador. Alessandro é um dos líderes do movimento Muda Senado, que tem a bandeira de combate à corrupção e a defesa da Lava Jato entre suas prioridades.

Veja a íntegra do relatório de Alessandro Vieira:

>Senado faz maratona para votar indicações ao STF, ao TCU e a agências reguladoras

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!