Defesa de Manuela acredita que PF está próxima de terminar caso de hackers

O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo afirmou ao Congresso em Foco nesta sexta-feira (30) que acredita estar em fase de conclusão a operação Spoofing da Polícia Federal, que investiga invasão de mensagens de autoridades dos Três Poderes. Cardozo é advogado da ex-deputada federal Manuela D'Ávila (PCdoB-RS) no caso.

"Cremos que está na fase de conclusão. Mas evidentemente a PF é que saberá o momento de encerrar o inquérito", disse.

>Manuela diz que repassou contato de Glenn Greenwald a anônimo

Walter Delgatti Neto, um dos hackers apontados pela PF como responsáveis por invadir as mensagens, prestou depoimento à Polícia afirmando que fez contato com o jornalista Glenn Greenwald por intermédio de Manuela.

Gleen é editor do site Intercept , que desde o dia 9 de junho faz uma séries de reportagens que revelam que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, atuava em conluio com os procuradores da Lava Jato na condução da operação quando era o juiz responsável por analisar os casos de 1ª instância em Curitiba.

Na quarta-feira (28), a ex-candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad (PT) foi à sede da Polícia Federal em Brasília entregar seu celular para a perícia. Em vídeo divulgado nas redes sociais ela também afirma que antes de ir a Brasília havia encaminhado as capturas de tela de todas as mensagens trocadas com o hacker.

O ex-ministro da Justiça negou que a operação Lava Jato tenha que ser toda anulada: "acho que os processos devem ser analisados individualizadamente. Nos casos em que ficarem evidenciados os vícios, devem ser anulados".

Como exemplo de processo que deve ser anulado ele citou o que levou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Congresso em Foco perguntou ao ex-ministro Cardozo se os textos enviados por Manuela à Polícia comprovam que a ex-deputada não teve acesso a mensagens vazadas de autoridades públicas como o ministro Sérgio Moro. Ele respondeu que a "apuração está em sigilo".

>Juiz manda PF enviar ao STF cópia de investigação sobre hackers

>PF suspeita que Moro e Guedes foram vítimas do mesmo hacker

 

 

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!