Advogado René Dotti morre aos 86 anos

René Ariel Dotti morreu nesta quinta-feira (11), em Curitiba, aos 86 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Advogado e professor da Universidade Federal do Paraná, Dotti foi relator do Anteprojeto da Nova Lei de Imprensa e membro de diversas comissões instituídas pelo poder público para análise jurídica de temas centrais. Também foi secretário da Cultura do Paraná. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decretou luto oficial de três dias.

"Nesse momento de consternação, a OAB Nacional presta sua solidariedade aos familiares e amigos, e diante do infausto falecimento".

Em nota, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, disse que Dotti foi "sempre uma fonte de inspiração e de sabedoria para mim e para todos seus muitos seguidores. O professor Dotti deixa um exemplo de retidão, de compromisso com o Estado democrático de Direito e de coragem em defesa das garantias fundamentais de brasileiros de múltiplos setores da sociedade não só durante o regime militar, mas na reconstrução do Estado democrático de Direito do Brasil".

Dotti deixa a esposa Rosarita, as filhas Rogéria e Cláudia, e os netos Gabriel, Pedro, Lucas e Henrique. O velório será restrito à família.

Confira nota do escritório de Dotti na íntegra:

A Dotti e Advogados comunica, com profundo pesar, o falecimento de seu fundador, professor René Ariel Dotti, 86 anos, ocorrido nesta quinta-feira (11), em sua residência. Nascido em Curitiba no Dia da República, a 15 de novembro de 1934, Dotti formou-se em Direito pela UFPR e começou a atuar na advocacia nos anos 50.

Destacou-se na luta contra a ditadura militar, defendendo jornalistas, sindicalistas, professores, estudantes e tantos quantos foram perseguidos pelo regime. Por quase seis décadas, Dotti contribuiu com o ensino jurídico, com diversos livros e pareceres.

Dotti deixa a esposa Rosarita, as filhas Rogéria e Cláudia, e os netos Gabriel, Pedro, Lucas e Henrique, além de uma legião de admiradores na área do Direito e em todas as esferas da sociedade.

> Fux diz que réu no comando da Câmara é ruim para o Brasil internacionalmente

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!