Governador da Bahia não irá mais acompanhar Bolsonaro em inauguração

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), retirou nesta segunda-feira (22), a participação que faria na inauguração do aeroporto da cidade baiana de Vitória da Conquista.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o petista reclamou que o governo convidou poucas pessoas para o evento e comparou o ato a uma convenção partidária.

"Convidei o governo federal a se fazer presente no ato de inauguração nessa grande festa. Infelizmente confundiram a boa educação com covardia e desde então temos presenciado agressões ao povo do Nordeste e ao povo da Bahia", declarou o governador no vídeo.

Bolsonaro vai à Bahia e diz que não há constrangimento

Na sexta-feira (19), ao receber jornalistas estrangeiros para um café da manhã no Palácio do Planalto, Bolsonaro falou reservadamente com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni: “daqueles governadores de ‘paraíba’ o pior é o do Maranhão; tem que ter nada para esse cara”. As imagens e áudio já estavam sendo captados pelo sistema de transmissão de televisão e assim a conversa passou a circular publicamente.

As obras do aeroporto se iniciaram durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e na gestão de Jaques Wagner (PT) no comando do Poder Executivo da Bahia. Além de Wagner e Lula, Costa agradeceu no vídeo os presidentes Michel Temer (MDB) e Dilma Rousseff (PT).

>Governadores do NE cobram de Bolsonaro explicações de fala contra Região

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!