Governadores do NE cobram de Bolsonaro explicações de fala contra Região

Lauriberto Pompeu

Os nove governadores da Região Nordeste divulgaram nesta sexta-feira (19) uma carta cobrando explicações do presidente Jair Bolsonaro por ter dito que restringiria recursos a Estados nordestinos.

A declaração aconteceu antes de café da manhã realizado com jornalistas estrangeiros nesta sexta no Palácio do Planalto.

O áudio da TV Brasil, administrada pelo governo, não permite ouvir claramente a fala, mas é possível entender que Bolsonaro fala "governadores de Paraíba" e que "o pior é o de Maranhão. Não tem que dar nada para esse cara".

A reportagem procurou a equipe de comunicação do governo, mas não houve resposta até o fechamento do texto.

O Maranhão é administrada por Flávio Dino (PC do B). Em seu Twitter, ele comentou o caso:

Leia a íntegra da carta dos governadores:

Carta dos Governadores do Nordeste

19 de Julho de 2019

Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal.

Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional.

Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!