Doria assume governo de SP com indiretas a Alckmin e PSDB

 

O novo governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB), assumiu o cargo na manhã desta terça-feira (1) com indiretas a seu antecessor, o governador Geraldo Alckmin, e ao PSDB, partido ao qual pertence e que governa São Paulo há 23 anos, informa a Folha de S. Paulo.

Em cerca de meia hora de discurso, Doria afirmou que São Paulo precisa parar de “pensar pequeno”, que o estado vai mudar, pois agora “tem comando” e cobrou mudanças em seu partido, atualmente presidido por Alckmin.

A única menção direta de Doria ao ex-governador foi ao afirmar que não desrespeitará a história construída por Alckmin e outros tucanos históricos ao promover mudanças no PSDB.

Em mais críticas, Doria disse que vai acabar com o que chamou de "romaria” de prefeitos ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. "Não espere aquilo que foi feito aqui no Palácio. Não quero fulanizar, mas a partir de agora vai mudar", disse Doria.

Leia a íntegra da reportagem da Folha

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!