Carlos Moisés volta ao cargo e anuncia mudanças no governo de SC

Após ser absolvido do processo de impeachment que o acusava de crime de responsabilidade, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL-SC), foi reconduzido ao cargo nesta sexta-feira (27).

Em coletiva, Moisés fez um balanço sobre os primeiros anos de mandato, anunciou investimentos e áreas prioritárias da gestão até 2022 e anunciou mudanças no secretariado feitas pela vice-governadora interina, Daniela Reinehr.

Com o retorno de Moisés, Alisson de Bom de Souza retoma o cargo  de Procurador-Geral do Estado (PGE). O governador anunciou ainda Eron Giordani, chefe de gabinete do deputado Julio Garcia (PSD), como novo chefe da Casa Civil. A Secretária de Comunicação fica sob a chefia do jornalista Jefferson Douglas.

"A aproximação do governo com o parlamento sempre foi o defeito mais apontado sobre o governo, sempre foi a crítica mais ácida. Queremos dialogar, queremos dividir responsabilidades", disse.

Carlos Moisés estava afastado do cargo desde 27 de outubro por suposta prática de crime de responsabilidade ao equiparar o salário dos procuradores do Estado ao dos procuradores da Alesc, em outubro de 2019. Ontem o tribunal especial entendeu, por seis votos a três e uma abstenção, que Carlos Moisés não cometeu crime.

> Tribunal reconduz governador de Santa Catarina ao cargo

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!