Estamos mudando o site. Participe enviando seus comentários por aqui.

O que fazer para o Brasil superar a atual crise

O Congresso em Foco reunirá um fórum plural e bastante qualificado para produzir um documento apontando caminhos para o país desatar o nó político, o nó econômico e o nó da corrupção

Como desatar os grandes nós deste Brasil de hoje, que se debate em profunda crise política, econômica e moral? Responder essa pergunta é o principal objetivo do projeto Diálogos Congresso em Foco. Sua pretensão é oferecer um “prêmio” ao Congresso Nacional e à sociedade brasileira – um documento básico, que apontará possíveis caminhos para desatar o nó político, o nó econômico e o nó da corrupção. O grande charme é como será feita a coisa.

Veja a programação do Diálogos Congresso em Foco

O documento será elaborado por um fórum plural e de altíssimo nível, formado por parlamentares de diversos partidos e orientações políticas; pesquisadores; gestores de políticas públicas; e representantes dos principais segmentos sociais, incluindo líderes do empresariado, de entidades sindicais e de grupos feministas, LGBT, indígenas, pela igualdade racial e outros. O lançamento do Diálogos Congresso em Foco é um dos destaques da nova edição da Revista Congresso em Foco, cuja versão digital já está disponível para assinantes.

A discussão será precedida de debate entre os participantes (na nossa estimativa, entre 80 e 100). Eles se reunirão no dia 14 de julho, no hotel Windsor Plaza (em Brasília), para fazer algo que a crise e seus desdobramentos têm tornado raro: buscar, entre diferentes, pontos de convergência para a saída da atual crise brasileira.

Todos os interessados poderão contribuir com os debates por meio da hastag #DialogosCongressoEmFoco, em nossos perfis no FacebookTwitterInstagram ou através do e-mail dialogos@congressoemfoco.com.br.

As sugestões poderão ser encaminhadas inclusive antes do evento – que, em seus principais momentos, será transmitido ao vivo pela internet.

Credibilidade

“O Congresso em Foco é hoje a única organização no país que pode fazer isso hoje”, afirma o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), juiz João Ricardo Costa, que se entusiasmou com a ideia desde o primeiro momento. “Isso”, na expressão dele, é a capacidade de reunir pessoas expressivas, que pensam muito diferente sobre quase tudo, e convencê-las a encarar o desafio de produzir um documento comum. Porque virou eufemismo falar que o momento é polarizado, radicalizado.

A coisa está mergulhada na baixaria e por vezes parece a dois passos da violência aberta. Passou da hora de remar contra essa corrente tão negativa para os relacionamentos sociais, pessoais, políticos e, sobretudo, para a nação sair da UTI.

Ao mesmo tempo, a oportunidade não poderia ser melhor. Nunca tantos brasileiros se interessaram tanto por política. E poucas vezes, na história do Brasil, um número tão grande de pessoas demonstrou tamanha descrença em seus representantes no Executivo e no Legislativo, como salta aos olhos e têm mostrado à exaustão inúmeras pesquisas.

Foi nesse contexto peculiar, marcado ainda pela exacerbação do sectarismo e da intolerância, que o Congresso em Foco se consolidou como um dos meios de comunicação de mais alta credibilidade do país, seja para uma audiência nacional crescente, seja para a mídia estrangeira, que o transformou em fonte constante de citações.

No último caso, para nossa grande surpresa, teve a façanha ocorrida durante a cobertura do impeachment. Entre os meses de abril e maio, fomos simplesmente o veículo jornalístico brasileiro mais citado por meios de comunicação do exterior. E por algumas das marcas de maior prestígio do mundo, como The New York Times, The Guardian, BBC, Le Monde, Time, Bloomberg, Reuters, The Washington Post, Rádio França Internacional, France Presse, entre tantas outras, dos cinco continentes do planeta.

E a audiência tem crescido de forma absolutamente fora do padrão para um site segmentado, que tem 60% do seu público concentrado em tomadores de decisão (parlamentares, autoridades e altos funcionários dos três poderes, gestores públicos e privados etc.) e formadores de opinião (jornalistas, blogueiros, consultores, professores etc.). Entre 9 de maio e 8 de junho, quebramos mais um recorde alcançando em 31 dias exatamente 2.643.017 visitas, feitas por 1,9 milhão de usuários únicos. Em números redondos, as visitas cresceram 157% em relação a igual período do ano passado.

É essa força que desejamos utilizar, no máximo das nossas possibilidades, para pôr em execução o que talvez seja o nosso projeto mais ambicioso até aqui.

Com o seu apoio, temos certeza de que o que começa agora como desafio tem tudo para se transformar em um evento histórico, que há de ajudar a nação a encontrar luz em meio à sucessão de pesadelos com que a realidade nos tem brindado.

Neste ano, em vez da tradicional premiação individual aos parlamentares mais bem avaliados pela população, o “prêmio” do Congresso em Foco será destinado ao Congresso e à sociedade: um documento, produzido por um fórum bastante qualificado, com sugestões para enfrentar a crise brasileira.

Leia a matéria completa na Revista Congresso em Foco

Confira a programação do Diálogos Congresso em Foco

Continuar lendo