Relatório aponta que GDF gastou R$ 2,3 bilhões em obras inacabadas

Entre as obras iniciadas na gestão Agnelo Queiroz e que foram interrompidas por indícios de irregularidades estão a construção do Parque Burle Marx, modificações na Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG) e a obra de revitalização da Ponte do Bragueto

Relatório de auditoria do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) aponta que o Governo do Distrito Federal (GDF) gastou aproximadamente R$ 2,3 bilhões em obras que não foram concluídas ou sequer iniciadas. As informações são do jornal Destak.

Entre as obras iniciadas na gestão Agnelo Queiroz (PT) e que foram interrompidas por indícios de irregularidades estão a construção do Parque Burle Marx, modificações na Estrada Parque Taguatinga-Guará (EPTG) e a obra de revitalização da Ponte do Bragueto. Esta última foi contratada ao valor de R$ 86 milhões e nunca foi iniciada, conforme informações do jornal.

Na lista de obras com irregularidades do GDF apontadas pelo TCDF também está a reforma da Torre de TV Digital. Após ser inaugurada, o GDF foi obrigado a fazer modificações em sua estrutura. O relatório será entregue essa semana diretamente ao atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!