Plenário aprova substitutos para comissão do impeachment

Vicentinho Júnior e Eliziane Gama vão substituir deputada que renunciou, Zenaide Maia, e Sandro Alex, que ao trocar de partido perdeu espaço na comissão que analisa legalidade do processo contra a presidente Dilma Rousseff

No início da tarde de hoje (terça, 05) foi incluída na Ordem do Dia do plenário da Câmara dos Deputados a votação para substituir dois membros da composição original da Comissão Especial que analisa o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Depois de debates acalorados, o plenário aprovou, por 441 votos a 1, a indicação de dois deputados: Vicentinho Júnior (PR-TO), que passa a ocupar a vaga da deputada Zenaide Maia (PR-RN), que renunciou ao posto; e Eliziane Gama (PPS-MA), que entra no lugar de Sandro Alex (PSD-PR), parlamentar que saiu do PPS e, ao trocar de legenda, perdeu a cadeira na comissão.

Apesar das trocas na comissão, os prazos não serão alterados, e o colegiado volta a se reunir amanhã (quarta, 06), às 14h. De acordo com o relator do processo contra a presidente Dilma Rousseff, Jovair Arantes (PTB-GO), no encontro desta quarta-feira será apresentado o parecer – que já adiantou ser extenso, e será lido em sua integralidade. Em seguida será concedido o pedido de vista conjunta aos partidos da base aliada do governo. Findo o prazo de duas sessões para o pedido de vista, o colegiado volta a se reunir na sexta-feira (08), às 15h, para executar a etapa de discussões. Nesta fase, cada um dos membros titulares, suplentes e não-membros terão direito a 15 minutos de fala – procedimento que ainda será reavaliado para permitir que todos possam se pronunciar.

“São 65 membros titulares e 65 suplentes, incluem-se ainda os líderes partidários. Nós vamos dar toda possibilidade para que na sexta, sábado, se necessário for, a gente possa esgotar todas essas questões para, na segunda-feira (11), começarmos a votar. Terminamos a votação e entregamos ao plenário. Não há problema se é sábado ou se é domingo, se é de madrugada, 2 horas da manhã, 3 horas da manhã. Nós vamos trabalhar”, disse Jovair Arantes.

Na segunda-feira (11), a reunião está prevista para começar às 17h, quando será votado o relatório e encerrado os trabalhos da comissão.

Mais sobre impeachment

Mais sobre crise na base

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!