Nove novos prefeitos são eleitos em cinco estados

Cassação de diplomas e mandatos provocaram novas eleições em municípios com eleitorado reduzido. Disputa volta a acontecer em janeiro de 2015

Devido a anulações de votação pela Justiça Eleitoral, nas eleições de 2012, apenas ontem (domingo, 7) nove cidades em cinco estados do país finalmente puderam saber quem as comandará nos próximos anos. A eleição havia sido anulada em municípios de Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná e São Paulo devido à cassação de diplomas e mandatos dos candidatos com mais de 50% dos votos válidos recebidos há dois anos.

Além desses municípios, outros dez já realizaram novas eleições em 2014. Para resolver mais pendências de outubro de 2012, foram às urnas ontem (domingo, 7) os eleitores de Indiana, Americana, Bento de Abreu e Jumirim, em São Paulo; de Ipiaçu e Jampruca, em Minas Gerais; de Água Doce do Norte, no Espírito Santo; de Jundiaí do Sul, no Paraná; e de Bom Jesus de Goiás, no estado homônimo.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ainda resta a definição eleitoral em Cambira, no Paraná, e em Santa Maria do Pará, em pleito a ser realizado já em 2015, em 18 de janeiro. A definição de data para as novas eleições consta da Resolução 23.280/2010.

São Paulo

Em Indiana, Agenor Stuani (PSDB) se elegeu prefeito com 1.559 votos válidos (47,73%). Foram contabilizados 100 votos em branco (2,87%), 117 nulos (3,36%) e 1.003 abstenções (22,36% dos eleitores).

Em Americana, o mais votado foi Omar Najar (PMDB), com 91.266 votos válidos (75,51%), 4.349 em branco (3,3%), 6.448 nulos (4,9%) e 40.425 abstenções (23%).

Já em Bento de Abreu o escolhido foi Nivaldo Sonego (PRB), que recebeu 918 votos (56,11%). Esse pleito registrou 36 votos em branco e 75 nulos, com abstenção de 505 eleitores (22,42%).

Tadeu Favero (PSDB) foi eleito com 1.197 votos (70,16%) em Jumirim, onde foram contabilizados 59 votos em branco (3,24%) e 58 nulos (3,18%). Deixaram de votar 534 eleitores (22,66%) do município paulista.

Minas Gerais

O novo prefeito de Ipiaçu é Leandro Luis de Oliveira (PSD), eleito com 1.564 votos (51,60%). Foram 11 votos em branco (0,36%), 28 nulos (0,91%) e 15,10% de abstenções.

Mizael Cabral de Lira (PMDB) venceu o pleito em Jampruca com 2.159 votos válidos (73,59%). Foram 54 votos em branco (1,75%), 102 nulos (3,30%) e 951 abstenções (23,53%) no município mineiro.

Espírito Santo

Com 3.768 votos válidos (57,08%), Paulo Márcio (DEM) foi escolhido novo prefeito de Água Doce do Norte. Lá foram registrados 197 votos em branco (2,72%), 449 nulos (6,20%) e 29,97% de abstenções.

Paraná

Sebastião Dias (PT) comandará Jundiaí do Sul depois de receber 1.357 votos (65,49%). Foram 18 votos em branco (0,84%), 49 nulos (2,29%) e 480 abstenções (18,33%).

Goiás

Por fim, Bom Jesus de Goiás escolheu Daniel Vieira (PTB) como chefe do Executivo local, com 6.304 votos válidos a ele concedidos (55,31%). No município goiano, 192 eleitores votaram em branco (1,63%), 219 anularam o voto (1,85%) e 4.028 não votaram (25,44%).

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!