MDB encerra reunião ainda sem consenso; Maranhão é líder provisório

A bancada do MDB no Senado - o partido mais numeroso na Casa, com 13 congressistas - encerrou reunião na tarde desta terça-feira (29) sem definir nomes para a liderança do partido e da candidatura da sigla à presidência do Senado. Foi convocada nova reunião para quinta-feira (31) às 17h, quando devem ocorrer as duas votações.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS), candidata declarada ao comando da Casa, abriu mão da liderança do partido, que será assumida provisoriamente pelo senador José Maranhão (MDB-PB).

"Avançamos no sentido de buscar até quinta-feira um consenso", afirmou Tebet, que disputa a preferência dos pares com Renan Calheiros (MDB-AL).

Segundo Calheiros, o único consenso da bancada até o momento é que o MDB lançará candidato próprio, e apenas um, à presidência do Senado.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!