Lula intensifica reuniões com governadores do Nordeste

Lauriberto Pompeu

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe na tarde desta quinta-feira (25) o governador do Ceará, Camilo Santana (PT),  e o senador Jaques Wagner (PT-BA). Nos últimos dois meses aumentou o movimento de políticos do Nordeste na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde Lula está preso.

Três dos quatro governadores eleitos pelo PT se reuniram com Lula desde junho, apenas a governadora Fátima Bezerra (RN) não foi a Curitiba nos últimos meses. No dia 27 de junho, Lula chamou para conversar os mandatários da Bahia, Rui Costa, e do Piauí, Wellington Dias.

"Lula tem recebido senadores e governadores para tratar da conjuntura do PT", disse Jaques Wagner ao Congresso em Foco. Ele declarou que Lula gosta de se informar sobre as realidades locais do PT nos Estados, mas afirmou ser difícil as eleições municipais de 2020 serem discutidas nesta tarde.

Perguntada sobre a reunião, a assessoria do governador Camilo Santana disse que "eles [Lula e Camilo] são amigos e é a primeira visita do governador a ele desde que foi preso".

> Grupo quer Haddad no comando do PT, mas depende do aval de Lula

O líder do PT também conversou com representantes de outros partidos na Região. No dia 6 de junho, o governador do Maranhão, Flavio Dino (PC do B), e a vice-governadora de Pernambuco e presidente do PC do B, Luciana Santos, estiveram na capital paranaense.

No dia 10 de abril de 2018, três dias após Lula ser preso, 9 governadores tentaram visitar o ex-presidente na prisão, mas tiveram seu acesso barrado pela juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara de Execuções Penais de Curitiba.

Os então mandatários que não puderam visitar Lula na época eram Tião Viana (PT-AC), Paulo Câmara (PSB-PE), Flávio Dino (PC do B-MA), Camilo Santana (PT-CE), Wellington Dias (PT-PI), Ricardo Coutinho (PSB-PB), Renan Filho (MDB-AL), Rui Costa (PT-BA) e Valdez Goes (PDT-AP).

Bolsonaro e Nordeste

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro entrou em guerra declarada com os governadores nordestinos.

Na sexta-feira (19), ao receber jornalistas estrangeiros para um café da manhã no Palácio do Planalto, o político do PSL falou reservadamente com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni: “daqueles governadores de ‘paraíba’ o pior é o do Maranhão; tem que ter nada para esse cara”. As imagens e áudio já estavam sendo captados pelo sistema de transmissão da TV Brasil e assim a conversa passou a circular publicamente.

O caso teve desdobramento na terça-feira (23), quando o presidente foi a cidade baiana de Vitória da Conquista inaugurar um aeroporto. Inicialmente previsto para participar do evento, o governador da Bahia, Rui Costa, cancelou sua ida.

> Pedido de governadores para visitar Lula é negado por juíza

> Deputados do Nordeste vão entrar com representação contra Bolsonaro na PGR

> Governadores do NE cobram de Bolsonaro explicações de fala contra Região

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!