Nos jornais: Lula lança Dilma à reeleição; Aécio diz que “Brasil parou”

Após movimentos de Eduardo Campos e Marina Silva, é a vez do PT e do PSDB. Campanha presidencial de 2014 já começou

FOLHA DE S. PAULO

Lula lança Dilma à reeleição; Aécio diz que 'Brasil parou'

Lançada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição, a presidente Dilma Rousseff transformou a festa para celebrar os dez anos do partido no governo em um primeiro ato de campanha.

No palanque, Dilma rejeitou a herança de Fernando Henrique Cardoso, logo após Lula apontar a vitória dela em 2014 como "uma consagração política" diante das críticas ao PT feitas ontem por Aécio Neves -principal nome do PSDB para a Presidência.

"A resposta que o PT deve dar [à oposição] é dizer que eles podem se preparar, podem juntar quem eles quiserem e que, se eles têm dúvida, nós vamos dar como resposta a eles a reeleição da presidenta Dilma em 2014", discursou Lula no evento.

"Nós não herdamos nada. Nós construímos", afirmou Dilma, ao defender ações do governo na área energética e rebater as críticas do PSDB à política de seu governo.

Aécio ataca Dilma e diz que Brasil 'parou'

No dia em que o PT fez um evento para comemorar dez anos à frente do governo federal, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi à tribuna do Senado para listar o que chamou de "13 fracassos" do partido da presidente Dilma Rousseff e para dizer que "quem governa hoje o país é a lógica da reeleição".

Virtual candidato do PSDB à Presidência, Aécio deflagrou a campanha eleitoral da oposição para 2014 com ataques diretamente a Dilma.

Segundo ele, "não é mais a presidente quem governa", mas "a lógica da reeleição".

Militantes agridem repórter

Militantes do PT ofenderam e agrediram com um chute a repórter da Folha Daniela Lima em meio a um tumulto ocorrido na entrada do evento de ontem. Dirigentes do PT lamentaram o episódio e pediram desculpas.

Estimativa do BC para o PIB de 2012 é a pior em três anos

A atividade econômica brasileira cresceu 1,64% no ano passado, segundo o IBC-Br, índice do Banco Central considerado uma prévia do PIB

Torcedor de 14 anos morre durante jogo do Corinthians

Um torcedor boliviano morreu após ser atingido por fogos de artifício no empate em 1 a 1 do Corinthians com o San José, pela Libertadores

Médica presa em Curitiba fala em 'desentulhar UTI' de hospital

Virgínia Soares Souza está presa, acusada de provocar a morte de doentes. Ela nega

Câmara de SP decide investigar acusações contra Aurélio Miguel

O advogado de Miguel afirmou que o ex-judoca não teme a investigação e apresentará todas as provas de sua inocência

Motoboys têm de se adaptar já a novas regras, decide conselho

Conselho rejeita pedido para adiar início de fiscalização; em SP, menos de 10% dos motoqueiros são regularizados
O ESTADO DE S. PAULO

Em ato, PT ataca tucano e reforça Dilma candidata

Petistas usaram o evento de comemoração pelos 10 anos do partido no comando do País, realizado em São Paulo, para atacar a oposição e reforçar a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. O senador Aécio Neves (PSDB) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foram criticados pelos ataques que ambos fizeram ao partido. “A oposição não pode querer impedir que o PT celebre uma década de governo democrático e popular”, afirmou o governador do Sergipe, Marcelo Déda. Ele ainda colocou a presidente no centro da disputa de 2014. “A Dilma é a candidata do Lula e de todos nós do PT”, afirmou. O ato teve a presença de Dilma, do ex-presidente Lula e de petistas condenados no mensalão.

Palanque

Lula e Dilma estiveram ontem em SP: evento teve jingle especial e o lema ‘do povo, para o povo, pelo povo’.

Aécio critica governo

Pré-candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves criticou, da tribuna do Senado, a gestão Dilma Rousseff. Ele disse que a presidente governa sob a "lógica da reeleição" e listou “13 fracassos” do PT. Aécio citou a queda da atividade industrial e a “complacência com os desvios”, como o mensalão.

BC aponta que economia cresceu pouco em 2012

O índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), divulgado ontem, mostrou crescimento de 1,64% em 2012. Em dezembro, a expansão foi de 0,26%, abaixo das projeções. O resultado reforça avaliação do mercado de que a economia se recupera lentamente, e deve ter encerrado o ano com crescimento “oficial” em torno de 1%.

Falta de luz frustra visitas a monumento no Ipiranga

A exumação dos restos mortais de Dom Pedro I e suas mulheres Leopoldina e Amélia, revelada pelo Estado, fez com que aumentasse o número de visitantes no Monumento à Independência, no Ipiranga. O memorial, no entanto, está fechado ao público desde segunda-feira por falta de energia elétrica. A pane foi provocada pelas chuvas.

Hora do diálogo

Secretário da Cultura, Marcelo Araújo apoia agenda suprapartidária.

Eugênio Bucci: para Cuba, com carinho

Manifestantes contra Yoani tentam suprimir a expressão de uma pessoa comum, para que ninguém veja o vazio do regime que adotaram como religião.

Tumulto marca ida de Yoani a Brasília

A blogueira cubana Yoani Sánchez foi recebida com aplausos e protestos no Congresso Nacional. Hoje, em São Paulo, ela participa de evento no Grupo Estado.
O GLOBO

2014 já começou - Lula lança Dilma, e Aécio parte para o ataque

Cobrado a assumir comando da oposição para 2014, tucano atacou gestão de petistas e afirmou que Brasil parou; 'Podem juntar quem quiserem. Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma,' rebateu ex-presidente

Com mais de um ano de antecedência, petistas e tucanos deram a largada para a campanha de 2014. Em São Paulo, a comemoração pelos dez anos do PT no poder se transformou no pré-lançamento da candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição. Em Brasília, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) atacou a gestão do PT: “Hoje quem governa o país é a lógica da reeleição." Na festa dos petistas, o ex-presidente Lula reagiu: "Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma.” Mensaleiros como José Dirceu e José Genoino foram recebidos com entusiasmo.

Rumo a 2014. Lula com Dilma na festa do PT em São Paulo: “Vamos dar como resposta a reeleição de Dilma’.

Voz da oposição. Aécio discursa no plenário do Senado: “O Brasil parou”.

BC aponta um ‘Pibinho’

Apesar dos bilionários pacotes de incentivos fiscais, a economia brasileira cresceu apenas 1,35% no ano passado, segundo o IBC-Br, um indicador do Banco Central que é uma espécie de prévia do PIB do ano.

Abandono na pista: 25 quilômetros e 665 buracos

Os motoristas que usam a rodovia BR-493, que liga Manilha, na cidade de Itaboraí, a Santa Guilhermina, em Magé, sofrem com o abandono da estrada, por onde são escoados 70% dos alimentos que abastecem o Rio. Por 25 quilômetros se espalham 665 buracos. Diariamente, cerca de 18 mil veículos passam pela via.

Colunista: Ancelmo Gois

Caravelas do tempo de Colombo eram mais velozes do que as barcas do Rio.

UPP da Mangueira: Disputa dificulta pacificação

A ligação cada vez mais evidente entre as eleições pela presidência da escola de samba Mangueira e o tráfico na comunidade vem revivendo um clima de terror e medo que se julgava sepultado com a UPP. Para especialistas em violência, a pacificação ali ainda está apenas na aparência.

Comércio exterior: E os russos levaram a melhor

Brasil e Rússia assinaram acordo de compra de mísseis e trigo, após acordo de Dilma com Medvedev. Mas os russos não voltaram a comprar carne suína do Brasil.

Em recuperação. Na solenidade, Dilma usou sandália no pé machucado

Antes de receber presos: Rondônia também registra ataques

Seis carros foram incendiados em Porto Velho horas antes da transferência de detentos de Santa Catarina para o presídio federal. A polícia diz não ver relação entre os casos.

Yoani no Congresso: deputados batem boca por blogueira

Yoani Sánchez parou ontem a Câmara. E o clima esquentou no plenário, com o pedido de proteção federal para a dissidente cubana.
CORREIO BRAZILIENSE

Acredite! R$12,8 mil

Farra de aumentos no TCDF fará com que ascensoristas, motoristas, porteiros e copeiros tenham salário de dar inveja a muitos doutores.

Aprovados em concurso para ocupar cargos que exigem apenas a 4º série do ensino fundamental esses servidores não têm do que reclamar. Já ganhavam muito bem. E depois, da lei aprovada pela Câmara Legislativa no fim do ano, vão ganhar muito mais: turbinados por aumento de 42% a 65%, seus contracheques poderão chegar a RS 12.820 mensais. Analistas e auditores com formação com formação superior embolsarão até R$ 31.141,58. Os de nível médio R$ 19.115,36. Os reajustes só não chegaram ao bolso desses servidores ainda porque o Ministério Público entrou com uma ação direta de inconstitucionalidade que está em discussão no Tribunal de Justiça do DF.

1,6 milhão de eleitores contra Renan

Manifestantes entregaram ontem a senadores um abaixo-assinado feito pelas redes sociais pedindo a saída do presidente da Casa. Com faixas e bandeiras em frente ao Congresso, eles também cobraram do STF agilidade na análise das denúncias contra o parlamentar alagoano.

Dilma e Aécio já estão em campanha

2014 começou. Em São Paulo, Dilma e Lula festejaram os 10 anos do PT na Presidência, dizendo que fizeram "mais e melhor'' do que FHC. Em Brasília, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) liderou o troco da oposição. Virtual candidato ao Planalto, o tucano capitalizou a presença da blogueira cubana Yoani Sãnchez no Congresso, defendeu o legado de Fernando Henrique, criticou o mensalão e apontou os "l3 fracassos" petistas.

Bento XVI

Antes de deixar o Vaticano, o papa vai mudar normas do conclave e antecipar a escolha do sucessor

Esplanada

O perigo mora no subsolo dos ministérios: as estações da CEB são obsoletas e há risco de novos incêndios.

Lucro da Caixa cresce após redução de juros

Câmara aprova lei que desonera folha salarial

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!