Relator retira os nomes de Lula e Dilma da CPI do BNDES

Os ex-presidentes Lula e Dilma foram tirados do parecer do relator da Comissão Parlamentar de Inquérito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CPI do BNDES), Altineu Côrtes (PL-RJ). Os petistas tinham recomendações de indiciamentos pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção passiva.

> Relatora apresenta voto favorável à prisão em segunda instância na CCJ da Câmara

Este foi o principal ponto de articulação dos petistas, sob a promessa de, caso não retirassem o nome dos ex-presidentes do partido, rejeitarem integralmente o relatório de Côrtes.

Instalada em março, a CPI busca investigar a prática de atos ilícitos e irregulares no âmbito do BNDES, ocorridos entre 2003 e 2015 e relacionados à internacionalização de empresas brasileiras.

Outras três CPIs já foram abertas na Câmara para tratar do mesmo assunto. E para tentar impedir que "termine em pizza", além dos nomes dos petistas, outras nove pessoas foram retiradas do relatório. Ao todo, mais de 50 pessoas devem ser indiciadas.

> Deputado do PSL contraria governo e marca votação da regra de ouro na CCJ

> Decisão que pode soltar Lula beneficia quase 170 mil presos em segunda instância

Catarse

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!