Alvo de denúncia, Flávio Bolsonaro acusa MP de “erros bizarros” e conluio com a imprensa

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, reagiu nas redes sociais à denúncia feita pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) contra ele e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O político afirmou não ter cometido nenhuma ilegalidade e acusou o chefe do MPRJ de ter vazado informações sigilosas do caso para a imprensa.

>MP denuncia Flávio Bolsonaro e Queiroz por “rachadinhas”

Flávio também acusa o MP do Rio de ter cometido "erros bizarros" no processo. O político é acusado junto com outras 15 pessoas pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro, apropriação indébita e organização criminosa no caso da "rachadinha" em seu gabinete, quando deputado estadual na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), entre os anos de 2007 e 2018. Segundo reportagem do jornal O Globo, o senador é apontado como líder de organização criminosa e o seu ex-assessor como o operador do esquema de corrupção.

Não cometi nenhuma ilegalidade.
O MP do Rio comete série de erros bizarros em sua “denúncia”, às vésperas das eleições...

Publicado por Flavio Bolsonaro em Quarta-feira, 4 de novembro de 2020

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!