Conheça os jurados do Prêmio Congresso em Foco 2019

Pelo terceiro ano consecutivo, um júri especializado participará da escolha dos melhores parlamentares federais do país no Prêmio Congresso em Foco. A seleção é feita de forma paralela à votação do público, pela internet, que começa nesta quinta-feira (1º), e à dos jornalistas que fazem a cobertura do Congresso Nacional. Os deputados e senadores escolhidos nesses três diferentes universos de decisão vão ser conhecidos no evento de premiação, que será realizado em Brasília no próximo dia 19 de setembro. Conforme prevê o regulamento, um dos jurados representará o próprio Congresso em Foco, organização idealizadora e responsável pelo projeto. Os demais, para assegurar pluralidade de escolhas e de visões, devem ter vínculos respectivamente com as áreas empresarial (Ivonice Campos), trabalhista (Viviane Pontes Sena) e acadêmica (Creomar de Souza) e com entidades do terceiro setor (Ricardo Young). Veja o perfil dos jurados do Prêmio Congresso em Foco 2019:

Creomar de Souza – professor da Faculdade Mackenzie em Brasília, é cientista político, doutorando em Política Comparada no Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB) e pós-graduado em relações governamentais. É fundador da Dharma Political Risk and Strategy, consultoria em estratégia e análise de risco político, e da Dharma Academy, iniciativa de inclusão, formação e informação política.

Edson Sardinha – editor-executivo do Congresso em Foco, no qual atua desde sua fundação, em 2004, é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Foi assessor de imprensa do governo de Goiás. É um dos autores da série de reportagens sobre a farra das passagens aéreas, vencedora do Prêmio Embratel de Jornalismo Investigativo/Tim Lopes e que rendeu o prêmio Esso ao site em 2009. Ganhou duas vezes o Prêmio Vladimir Herzog, com série de reportagens sobre defensores de direitos humanos jurados de morte (1º lugar na categoria revista) e a história de um deputado ameaçado por grupos de extermínio (menção honrosa).

Ivonice Campos – vice-presidente da Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (Abrig), participou da elaboração dos principais marcos regulatórios do setor elétrico. Engenheira química, tem especializações em gerência, relações internacionais e planejamento estratégico pela Universidade de Brasília (UnB). Recentemente, coordenou debate sobre energias renováveis no Fórum Mundial das Águas e colaborou com a abertura de projetos de infraestrutura e energias renováveis a fundos constitucionais.

Ricardo Young – presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos, do qual foi presidente, e do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), é um dos principais líderes do empreendedorismo socioambiental no país. Integra iniciativas como o Movimento Nossa São Paulo, Raps e Rede Cidades Sustentáveis, entre outros. É pesquisador-convidado do programa de Cidades Globais do Instituto de Estudos Avançados (IEA-USP). Ex-vereador de São Paulo, foi um dos mentores do Pacto de Integridade de Combate à Corrupção, do Instituto Ethos, voltado para a erradicação da corrupção e promoção de um mercado mais íntegro e ético.

Viviane Ponte Sena – jornalista com mais de 20 anos de experiência no acompanhamento do Congresso Nacional, é coordenadora da assessoria do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), organismo mantido pelo movimento sindical para monitorar o debate e a elaboração de leis. É responsável pela redação final, edição e revisão das publicações Radiografia do Novo Congresso e Os Cabeças do Congresso Nacional, do Diap. Foi assessora de imprensa e coordenadora de comunicação de várias entidades associativas e de classe, além de repórter da Radiobrás (atual EBC).

O prêmio tem o patrocínio da Ambev, da BMJ Consultores Associados e do Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS). Também tem o apoio da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), da Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe), da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite) e do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz), além da parceria institucional com o Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal.

> Quem já ganhou o prêmio

> Entenda como serão escolhidos os melhores parlamentares no Prêmio Congresso em Foco

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!