Congresso em Foco

Padilha foi ministro da Saúde no governo Dilma entre 2011 e 2014[fotografo]Elza Fiúza/ABr[/fotografo]

Temos de defender Mandetta, diz Padilha, ex-ministro da Saúde de Dilma

19.03.2020 11:41 11

11 respostas para “Temos de defender Mandetta, diz Padilha, ex-ministro da Saúde de Dilma”

  1. Clerio disse:

    Alexandre Padilha dividiria laboratório com Youssef, fariam a lobagem pra a produção de medicamentos com o Ministerio da Saude.

  2. Clerio disse:

    Ex-secretário de Obras de Sérgio Cabral, o agora delator Hudson Braga contou que o petista Alexandre Padilha cobrou-lhe 300 mil mensais para “cuidar” da distribuição de verbas do PAC para o Rio.

  3. Clerio disse:

    Pra quem ai ta achando que essa ameba do Padilha é um grande cara, esse é o mesmo que é corrupto, recebeu grana de Odebrecht, JBS, resumindo…………….

  4. Clerio disse:

    Padilha opinando é a mesma coisa que pedir bons conselhos ao diabo.

  5. Carla disse:

    Excelente artigo. Mandetta articulou-se com Wilson e Crivella, por exemplo, que seguiram suas orientações e foram até além delas, ainda que com falhas. E foram e têm sido criticados e alvo de indiretas do excelentíssimo invejoso. Enquanto Bolsonaro diz ao povo pra não ir a uma manifestação de forma pouco convincente “só pra inglês ver” sabendo o quão irracionais são seus seguidores remanescentes. Quando você toca no assunto das manifestações eles retrucam sobre o carnaval e vêm cheios de teorias conspiratórias que não ajudam nada, nem aliviam a culpa como “A culpa é da China que fez o vírus por questões econômicas”, “O PT destruiu o SUS”. O que digo que é mentira, pois em 32 anos nenhum governo se preocupou com o SUS. Nem o do Bolsonaro nesse ano. No carnaval a conjuntura da doença era outra. Não era pandemia. Além disso, Bolsonaro disse em entrevista que sabia que o vírus “fantasia” chegaria aqui, e isso piora a situação, pois medidas deveriam ter sido tomadas já nessa festa inútil. Esses remanescentes que o apoiam entraram em uma bolha cheia de delírios. Não tem racionalidade ou equilíbrio emocional mais para discernir o certo do errado que passa nas televisões e na mídia. Para eles todos mentem, até infectologistas, menos o “mito”. Entram com ctrl c + ctrl v para defendê-lo em comentários que sequer citam o nome dele. Interpretam o que as pessoas dizem de acordo com seu interesse. Ofendem autoridades que tomaram providências e as chamam de populistas. Dizem-se protegidos por Deus e que por isso não temem o vírus (na minha humilde opinião, não são de Deus, pois idolatram um homem, o que é pecado, e brigam e ofendem pessoas). Falam que elegeram um capitão para a luta. Deve ser luta contra todos que pensam diferente dele e deles. O capitão é o mestre e guia deles, dizem. Se consideram representantes do bem. Quem discorda é da esquerda, ainda que esse diga que votou nele e que está arrependido disso, duvidam, pois quem votou no capitão não o abandona jamais! Essas pessoas estão doentes e o vírus delas é pior que o covid19. Virão mansas pedindo votos em 2022. Terão meu desprezo. Políticos são nossos funcionários. O Brasil precisa amadurecer. Não dá mais pra aguentar esquerda e direita radicais nos atormentando e fugindo das soluções dos nossos problemas com acusações já sabidas. Não dá!

  6. Jean Pereira Coutinho disse:

    Bolsonaro não entende de nada. Só entende de colocar a pessoa certa no lugar certo. Não fez igual certos presidentes que tinha ministro da saúde engenheiro civil. Que massa!

  7. Silas A. Santos disse:

    Em se tratando de bozo……
    – SE o assunto é Economia, ele NÃO ENTENDE !
    – SE o assunto for Saúde, ele NÃO ENTENDE !
    – SE o assunto for Segurança Pública, ele TAMBÉM NÃO ENTENDE !
    – Social….. NÃO , claro que NÃO ENTENDE !
    NÃO ENTENDE NADA DE NADA !…..
    Bem, tem uma coisa que ele entende…
    RACHADINHAS…. ahhhh… E MILÍCIA…. rs rs rs rs…..

    • Jean Pereira Coutinho disse:

      De pensar que ele teve 57 milhões de votos. Ah! Democracia!

      • Silas A. Santos disse:

        São + de 200 milhões de habitantes no país…. O universo de votantes dá uma vez e meia os 57 milhões…
        E depois, foi o Bolzonaro quem afirmou que quando o “povo” pede prô governante sair, é porque ele só faz fezes, não é mesmo ?!?!

        • Carla disse:

          Em 2018 eram 147 milhões de pessoas aptas a votar. Bolsonaro foi eleito com 41% desse universo de eleitores. Não tem mais 57 milhões ao lado dele. Não mesmo.

  8. tony2042 disse:

    Se for para tirar alguém, entre o ministro da Saúde e Bolsonaro, deve sair este. Totalmente inapto para o cargo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via