Congresso em Foco

O ex-ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Carlos Alberto dos Santos Cruz [fotografo] Agência Brasil [/fotografo].

Para Santos Cruz, Bolsonaro age com “idiotice” ao invocar Forças Armadas

19.01.2021 10:54 13

13 respostas para “Para Santos Cruz, Bolsonaro age com “idiotice” ao invocar Forças Armadas”

  1. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Seguidores do Lulladrão falando em falta de competência dos outros é HILÁRIO!

    • José Oliveira disse:

      Nada se provou definitivamente contra o ex-Presidente Lula, que em breve, terá as 02 últimas farsas processuais engendradas contra si pela máfia de Curitiba e pelo tal TRF4 anuladas no STF, ficando livre para ser novamente o melhor Presidente do Brasil.
      Importante ressaltar que das 09 farsas que tentaram impor-lhe, criminosamente, 07 já foram para a lata de lixo da História do Brasil e do Mundo.
      E, conforme já explicitado, as 02 últimas, terão o mesmo destino, brevemente.
      Mas, não se faz necessário começar a choramingar.
      Conforme-se com a realidade dos fatos!

  2. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    General, se filia ao PSol e se lança candidato a presidente.
    De repente, você com essa competência toda que a imprensa está lhe dando, ganha a eleição.

  3. Edison Sampaio disse:

    Santos Cruz tem razão. Contudo, convenhamos, somente passou a mostrar-se assim porque foi preterido pelo Capitão Encrenca, pois é seu contemporâneo desde os tempos de Academia e, portanto, conhece seu passado e sabe q, na prática, foi expulso do Exército porque nunca prestou. Bolsonaro é coerente: age como sempre agiu e nunca prestou para nada. Nem o Exercito o quis.
    Contudo, tem razão e, por isso, urge descartar o Capitão Encrenca o quanto antes, sob pena de nós lascarmos profundamente. E q venha Mourão logo-logo. Mourão não está com essa bola toda, nas é infinitamente melhor q Bolsonaro. Este, sim, um grande erro eleitoral.

  4. Zapata disse:

    Bom, “nada de novo no front”… Apesar de afirmar o óbvio, nada alivia o fato de que todos aqueles que apoiaram ou, de uma maneira ou de outra, participaram/participam do “governo” Biroliro, têm em comum um dedo da dita “insanidade”.

    Aliás, a crítica reside no fato de que como é possível, sendo o ASNO que é, Bolsonaro não apenas só fazer parte de um grupo de “elite” das forças armadas, como atingir a patente de capitão, ficar 27 anos de completa improdutividade no legislativo carioca e ainda ter tido apoio dos hoje “enganados” como Moro, Mandetta ou o próprio “indignado” general. Bolsonaro é o “ser diminuído” que sempre foi, transpirando incompetência e sua tragetória de vida e nada, mas absolutamente nada justifica o apoio por menor que seja a suas ações.

    No mais, dada a demontração de total INCOMPETÊNCIA do alto escalão do exército cuja atuação é basal na administração deste “governo”, não apenas Bolsonaro tem de ser questionado, mas também cada um destes acomodados que se provam totalmente desnecessário a nação.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      O seu Líder é um Paraíba Semianalfabeto.
      Estudou até a 4s série do primário.
      Mal sabe ler.

    • Edison Sampaio disse:

      Concordo com quase tudo, mas Bolsonaro, definitivamente, não faz parte de um “grupo de elite” das Forças Armadas, a despeito de, neste momento, paradoxalmente, ser o seu “Comandante em Chefe”. Nunca foi bem visto nos escalões superiores e, por ter ferido o pundonor militar, foi submetido a Conselho de Justificação e reformado disciplinarmente, o q equivale a uma exclusão.
      Qto aos Generais q se submeteram vexatoriamente a ele, é um mistério. Caíram na onda do demagogo potoqueiro?Desejavam apenas ganhar R$30 mil a mais com o emprego? Quanto a Moro, caiu num golpe, movido pela vaidade: ambicionou uma capa preta de Ministro do Supremo, prometida nos bastidores, e trocou um pombo na mão por dois voando. Vitória dos ladrões do Erário, q o afastaram da Lava Jato. Por fim, devo lhe dizer q, enquanto nossas instituições funcionarem, mesmo capengas, os Comandantes das 3 Forças não se insurgirão contra as improbidades do Capitão Encrenca. E não é por incompetência, mas por estrito respeito à Constituição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via