Congresso em Foco

General membro de comitê do governo diz que “aproxima-se o ponto de ruptura”

10.03.2021 15:53 8

Publicidade

8 respostas para “General membro de comitê do governo diz que “aproxima-se o ponto de ruptura””

  1. RômuloJ. Vieira disse:

    O Senado Federal já deveria ter excluído o Artigo 103 da Constituição Federal, esse artigo permite que fiquem chamando o STF prá tudo!…Desde a OAB, partidecos portadores da psicopatia do igualitarismo tipo PSOL,PT ,PC do B, Rede etc, utilizam essa portinha lateral a toda hora!…Deixem o STF sómente para o que foi concebido, hoje não passa de um censor do Poder Executivo, de um censor do Congresso, e na hora de cumprir com suas obrigações de fato ,só pisa na bola!

  2. luiz disse:

    Já passou do ponto de ruptura. O stf foi avançando sobre a constituição e sobre os outros poderes de vagar, aos poucos, fazendo com que a nação fosse tolerando esses descalabros. Ao mesmo tempo foi intimidando os críticos e cidadãos que ousassem reclamar, com prisões e ameaças veladas. E pra fechar esse quadro, aproveitando-se da pandemia, os governadores decretam “toque de recolher” para evitar a saída da população às ruas impossibilitando-a de qualquer tentativa de manifestação contra tudo isso que está acontecendo. Agora todo esse plano culmina com a liberação do maior criminoso que já passou pelo poder (que era máximo) no Brasil. Pobre país, pobre povo. Alguém precisa fazer alguma coisa para não virarmos uma Venezuela. Esse alerta do Luiz Eduardo Rocha Paiva nos traz um pouco de esperança.

    • André Monsev disse:

      Do jeito que as coisas estão, se virarmos uma Venezuela teremos sorte. Atualmente quem tem medo é a Venezuela de virar um Brasil. Pelo menos tem muita gente que conseguiu respirar nos hospitais em Manaus graças a eles, ao invés do Bolsonaro que largou o povo brasileiro à própria sorte – e já tem aí em sua conta 250.000 cadáveres de brasileiros sob sua responsabilidade.

    • Fabio Martins disse:

      o seu mito já transformou o país numa Venezuela: ele é a cópia fiel do Nicolás Maduro.
      A propósito, esse papo de culpar os governadores não cola mais. Seu próprio mito ontem passou a defender vacina e o combate à covid, tudo por culpa do Lula.

  3. Felix disse:

    General não deve ser ligado a governo nenhum. Um general não é nada mais que um civíl.

  4. Tim Tim disse:

    desde quando general de pijama manda em alguma coisa? Nem recruta obedece.

  5. Fabio Martins disse:

    Esse é o governo Bolsonaro e seus paus mandados: governam somente para o seu próprio umbigo! Agora, com o país sendo o pior exemplo mundial no combate à pandemia, com a economia destruída e inflação galopante, eles se mexem após a anulação da condenação do barbudo?? Isso é a maior prova de MEDIOCRIDADE deste desgoverno, pois se fosse uma gestão minimamente razoável, Lula ou qualquer outro sequer arranhariam sua credibilidade. Ameaçam um golpe de estado porque temem a volta do “presidiário”, isso é basicamente passar recibo de governo INCOMPETENTE, que não tem absolutamente nada de positivo a apresentar ao povo brasileiro, a não ser fake news e negacionismo e, é claro, o desmonte total dos órgãos de combate à corrupção para salvar a pele de sua familícia. Aliás, a própria Lava-Jato foi destruída por Bolsonaro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via