Congresso em Foco

Ricardo Salles tem sua indicação ao Meio Ambiente contestada por ambientalistas[fotografo]Facebook[/fotografo]

Futuro ministro do Meio Ambiente é condenado por improbidade administrativa

20.12.2018 09:04 13

13 respostas para “Futuro ministro do Meio Ambiente é condenado por improbidade administrativa”

  1. Fernando Luis disse:

    Danou-se, não se salva um? Pra quem apontava o dedo sujo para o PT?

  2. Valdir disse:

    “Segundo o juiz, a medida não causou prejuízo efetivo ao meio ambiente porque o plano alterado por Ricardo não foi aprovado, também não houve lesão ao erário nem enriquecimento ilícito.”

    Então qual o crime????
    Os ambientalistas de esquerda não gostaram de sua indicação?
    Ah, já entendi!

    • Rodrigo disse:

      Hum, ele usa da influência dele para favorecer, porém como não foi aprovado, acabou não tendo dado nada para ele, pois se tivesse, e ai? Acho interessante, igual ao Queiroz, que esta cada vez provado pela COAF movimento para alguém que ganha pouco e toda família praticamente trabalhando para família Boslonarto.

      • Valdir disse:

        O do Queiroz com certeza tem falcatrua, e já postei aqui que se o Flávio recebeu propina, tem que ser cassado.
        Só não concordo contigo de dizer que trabalha para toda familia Bolsonaro. É querer forçar a barra. No caso do pai, nesse episódio, certamente não tem falcatrua, pois ninguém faz isso passando “cheque”. Normalmente é feito em dinheiro vivo, ou reformas em bens imóveis, ou depósitos no exterior.
        Quanto ao do ministro, nem adianta discutirmos, pois não chegaremos a nenhum consenso.

  3. JOTAT10 disse:

    Não vai dar em nada, vide o caso do Aécio Neves, ainda mais que ele é do PSDB e na MPF, STJ, PGR, MPF tem aliados desse partido principalmente vários grandões nada será esclarecido, porque pegando ele vai pegar o governo do Alckmin aonde ele foi SECRETARIO, vide o caso do AÉCIO NEVES, muita propaganda e já é quarta vez que vão atrás dele e ele se safa de ser preso, portanto é uma pena que acontece no Brasil, que o nosso judciário e polícia escolhem as pessoas pra serem presos, mesmos sendo iguais ao que esse cara fez.

  4. Leonardo disse:

    Um corrupto condenado (além de incompetente quando foi secretário de SP) e tem gente ainda querendo defender com teoria da conspiração, mania de perseguição, etc. Ficam protegendo político de estimação igual o lado que tanto atacaram.

  5. Antonio Carlos Jr Zamith disse:

    tem ptralha no MP -SP tem como tem no MPF.

    • JOTAT10 disse:

      NO QUE MUNDO VC VIVE EX COXINHA, SE PARTIDO AQUI EM SP O PSDB ROUBARAM VERBA DA MERENDA ESCOLAR E FORAM ABSOLVIDO PELO MP SP A QUAL VC DIZ QUE É DOS PETRALHAS, SÓ PODIA SER UM PAULISTANO HOMOFÓBICO, RACISTA E OUTROS PREDICADOS AINDA MAIS COM ESSE SOBRE NOME DE NAZISTA.

  6. Marcos disse:

    Se o cara não teve ganho pessoal, não causou dano ao ambiente, etc… isto só nos mostra a miséria da justiça militante – temos que dar um fim nesta canalhice desta ideologia ativista da esquerda que dá asco…

    • Rodrigo disse:

      Entendi, então quando condena alguém da esquerda, não é militante, mas, condenou alguém do governo Bolsonaro é militante, que coisa ridícula e pensamento ridículo. Ele foi corrupto pelo o que mostrou o juiz, o problema que acabou não dando certo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via