Congresso em Foco

Jair Bolsonaro em manifestação pró-governo no dia 24 de maio. [fotografo]Reprodução[/fotografo]

Deputado cobra governo do DF sobre multa a Bolsonaro por não usar máscara

e

25.05.2020 12:20 6

6 respostas para “Deputado cobra governo do DF sobre multa a Bolsonaro por não usar máscara”

  1. Jorge Lelis Pinholi disse:

    Ele está provando que está certo em suas opiniões a respeito ao covid-19. Quanto a multa pelo não uso das máscaras, só tenho a dizer duvido. Entretanto, estamos dispostos a fazer uma vaquinha para pagar a multa dele . O covid-19 é aliado a ele, ataca, com maior incidência aqueles que são contra ele.

    • Edileine DOS SANTOS NAVARRO disse:

      Quanta insanidade!! Agora o vírus é seletivo! Este é o nível cultural dos bolsonaristas.

      • Jorge Lelis Pinholi disse:

        Em minha cidade, Bauru, na periferia, tem muita gente nas ruas, muito próximos, a catadores de reciclagem, que mexem nos lixos de todo mundo e depois compartilham seus virus nos ferro velhos e depois se juntam próximo as biqueiras para comprar e consumirem pedras de crack e se misturam a crianças e velhos. Quando se vê algum deles com máscaras é porque encontraram no lixo. Ninguém fica doente, ninguém morre. Só aumenta o número deles.Onde está a letalidade desse covid-19? Cidades que seguiram o conselho do0 Presidente estão melhores do que os de falsa orientação à esquerda.

        • Edileine DOS SANTOS NAVARRO disse:

          Como você me respondeu educadamente e assim torna-se um debate sadio, vou te responder. Sinceramente, não sei como está Bauru com a pandemia. Realmente, ela está serena no interior Paulista. Fiquei chocada com o que você me contou e isso realmente não poderia acontecer. Também não sei como o Poder Público aí, mas é inaceitável. Existe um ditado que diz “o que os olhos não vêem, o coração não sente”. Mas o próprio Ministério da Saúde disse ontem que a pandemia está começando a se espalhar para o interior. Sou paulistana, e sim, os hospitais estão lotados. Já perdemos conhecidos e entes queridos. Uma delas, pegou COVID19 porque tomou um tombo e teve que ir para o hospital. E de lá não saiu. Esqueça esse papo de esquerda. Acredite que o vírus é letal. Ideologia você decide nas urnas. Somos um só povo, somos todos brasileiros.

          • Jorge Lelis Pinholi disse:

            Sempre me pauto pelo bom tratamento as pessoas, ser mal educado, inclusive não depende do que o outro faz. Não posso atribuir a outrem meu comportamento inadequado. Voltando ao Covid, a 10 dias sofri uma mini fratura no dedinho do pé esquerdo, fui ao pronto socorro do hospital e entrei na emergência do covid, por engano. Estava literalmente vazio, tinha somente enfermeiras e uma médica. Orientaram-me para ir à emergência correta e lá também havia somente 4 pessoas e eu, ao sair de lá, estávamos em 8.
            Quanto a ideologia, estamos muito longe de chegar a discutir esse ponto. A desonestidade tem sido uma marca muito mais forte nos governos, seja ele de esquerda ou de direita. Aqui convivemos muito bem com pessoas independentemente de sua orientação política. O ser humano, a amizade e a cordialidade se sobresaem, nos relacionamentos.

          • Edileine DOS SANTOS NAVARRO disse:

            Jorge, meus parabéns!! São pessoas como você que me dão esperanças que que o ódio e a intolerância não vão prevalecer! Opções políticas não infereriam no seu convívio entre amigos, familiares e mesmo com estranhos. Infelizmente isso tem mudado grotescamente e já não é mais assim. Agora são inimigos. Contraí COVID19 de forma relativamente leve, alguns dias antes do decreto de isolamento. Fui em um hospital Privado, que só estava atendendo casos suspeitos, pois eles possuem outras unidades. Veja, era só o comecinho! O hospital estava cheio, ví pessoas no oxigênio e pessoas já entubadas. Moro próximo a um Pronto Atendimento Público que todos os dias é de um movimento extremamente intenso (e que antes não era assim) e um movimento absurdo de ambulâncias entrando e saindo. Também moro relativamente perto do Hospital de Campanha do Pacaembu, do HC e do Emílio Ribas. Neles, há filas de ambulâncias na entrada. E também e infelizmente, muitos carros funerários. De coração, torço para que não chegue a Bauru e região. Aliás, que não vá mais para lugar nenhum!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via