Congresso em Foco

Bolsonaro é aplaudido em reunião com parlamentares evangélicos[fotografo]Rafael Carvalho / Governo de Transição[/fotografo]

Bancada evangélica deverá definir nome do ministro da Cidadania

27.11.2018 22:41 9

9 respostas para “Bancada evangélica deverá definir nome do ministro da Cidadania”

  1. Teresinha Winter disse:

    Esses pastores e suas respectivas igrejas falaram que não queriam nada em troca do apoio. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. João Orestes Daruy disse:

    BRASIL A CIMA DE TUDO…*DEUS* A CIMA DE TODOS!!!

  3. Teresinha Winter disse:

    Era só o que faltava. Antes dessa bancada evangélica se meter na vida pública brasileira, devia haver uma devassa nessas igrejas, regularização, pagamento de impostos e registro de todas elas, além de uma legislação específica. Porque na Constituição Federal diz que há “liberdade religiosa”, isso se refere às pessoas e não às instituições. É uma gandaia. Ninguém sabe quem é quem. Não há nenhum registro, nada. Simplesmente abrem igrejas e passam a não pagar mais nada de impostos, como todo cidadão paga. Isso, sim, é que precisa ser mudado. Passou da hora.

  4. Jose disse:

    Agora vai, as seitas evangélicas mandam e desmandam no desgoverno do “Bozo”, que ainda nem começou. Pelo jeitão a bagunça vai ser a mesma, que já vinhamos assistindo na campanha e agora neste período de transição. Seguramente estamos no rumo de um estado teocrático e pior ainda, fundamentalista. Política e religião não combinam e quando estão juntas com o fundamentalismo religioso é um passo para perseguições e atrocidades contra as minorias, tanto religiosas como as sociais e financeiras.O ‘Bozo” já havia afirmado que regrediríamos 50 anos, mas pelo esforço que ele, a extrema direita raivosa e os líderes das seitas evangélicas estão demonstrando, estaremos a um passo da “idade média”. Infelizmente mais uma tenebrosa ‘NOITE DO BRASIL”, está chegando e rapidamente.

  5. Alars disse:

    Neste governículo, tudo que pode piorar, piora mesmo!

  6. Rodrigo disse:

    Estamos caminhando para um país teocrático, onde os evangélicos irá mandar no Brasil. Cadê os eleitores do Bolsonaro, estão feliz com isso? Pois, em minha opinião, religião e política não se mistura, vide os países onde a religião manda, como tudo é ruim. Parabéns ao povo que aceita calado, ainda mais onde, a maioria da bancada evangélica, daqui a pouco, a bancada evangélica irá começar a querer proibir o brasileiro de monte de coisas, vão querer forçar a gente a ir nos cultos deles, vão querer forçar as emissoras a passarem o que eles querem, vão querer forçar a gente a tudo. Não gosto quando misturam religião e política, acho isso um retrocesso,ainda mais em uma bancada evangélica, que não é exemplo nenhum, pois, em um certo ano ai, metade da bancada eram envolvida com algum tipo de acusação, investigação e etc.

  7. eduardo barbosa vilas boas nev disse:

    Kkkkkk não sabia desse romance “másculo” entre os deputados frota e feliciano.

  8. Dila Costa disse:

    Estaremos nas mãos de uma organização Fascista sem escrúpulos algum.

  9. Ernesto Freire Pichler disse:

    A Bozalidade impera!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via