Congresso em Foco

Presidente da República, Jair Bolsonaro acompanhado do Ministro de Estado do Meio Ambiente, Ricardo Aquino Salles [fotografo]Marcos Corrêa/PR[/fotografo]

Ambientalistas apresentam pedido de impeachment de Bolsonaro à Câmara

19.06.2020 15:40 24

Publicidade

24 respostas para “Ambientalistas apresentam pedido de impeachment de Bolsonaro à Câmara”

  1. Felix disse:

    Estamos sem ministros da Educação, da Saúde e do Meio Ambiente.

    • Jorge Teixeira Carneiro disse:

      Sugiro nomear Gilberto Gil, Aluísio Mercadante e Carlos Minc.

      • Felix disse:

        Ótimas sugestões para Cultura, Educação e Meio Ambiente. Falta um Ministro da Saúde!

      • Jorge Teixeira Carneiro disse:

        O Minc acabou de avisar que não vai. Prefere ficar tomando conta do verde US$ da ALERJ. Troco pelo Fernando Gabeira. Se ele não aceitar, pelo Zequinha Sarney.

        • Felix disse:

          Fernando Gabeira seria uma excelente indicação. Figura muito inteligente e ponderada! Evidentemente nunca se sujeitaria a trabalhar com um incompetente limitado como bozo.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Ou então aquele cacique Raoni. O problema vai ser fazer o Raoni deixar de morar em Paris..

          • Felix disse:

            O problema é que ninguém realmente capaz, como, por exemplo, Gabeira, ainda se dispõe a trabalhar com esse projeto de presidente.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            O que você acha de nomear a Katia Abreu? Ou o Wilfredo Mares Guia? Ou o Jader Barbalho? Ou o Renan Calheiros?

          • Felix disse:

            Péssimos. Wilfredo nem conheço.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Mal agradecido você. Wilfredo é um grande amigo que o Lula tem no “Centrão”. Foi ministro do Turismo por 4 anos. Empresário muito rico, vivia emprestando o jatinho dele para o Lula fazer “Turismo” pra lá e para cá. Já Katia Abreu é muito amiga da Dilma. Possui umas fazendas lá pros lados do TO onde uma vez acharam “trabalho análogo à escravidão”. Os outros são muito amigos nossos.

          • Felix disse:

            Continuo não conhecendo. Sei que o centrão agora está virando melhor amigo do bozo. jefferson foi almoçar no Planalto e valdemar costa neto se tornou melhor amigo do peito do mito. Estão noivando, já fizeram os proclamas, será que vai terminar em casamento? É tão romântico!

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Atuou como coordenador de campanha de Ciro Gomes no primeiro turno das eleições presidenciais de 2002. Com a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva no segundo turno e a aliança entre diversos partidos políticos, foi indicado para criar e estruturar o Ministério do Turismo, em 2003. Entre outras ações à frente da Pasta, foi responsável pelo lançamento do Plano Nacional de Turismo,
            pelo desenvolvimento dos destinos turísticos brasileiros e pela
            implantação de um sistema de dados, fatos e informações turísticas. Em
            2006, no segundo mandato de Lula, passou a ocupar o cargo de ministro da Secretaria de Relações Institucionais (SRI).
            Em 22 de novembro de 2007 foi acusado de ter participação no episódio conhecido como “mensalão mineiro”. Renunciou ao cargo na SRI, sendo substituído pelo deputado federal José Múcio Monteiro, do PTB de Pernambuco, até então o líder do governo na Câmara.
            Em 24 de janeiro de 2014, sem que tenha sido julgado, a Justiça
            determinou a prescrição da pretensão punitiva do Estado contra o
            ex-ministro, conforme disposto no art. 115, do Código de Processo Penal

          • Felix disse:

            Não me lembro dele e aparentemente não perdi nada. Mas, é estranho como um crime prescreve tão rapidamente! Acho que o STF tem seus acertos e também erros e que uma CPI lava toga não teria feito mal nenhum. Ninguém mais fala na possibilidade de prisão em 2a instância (nem a sociedade a quem interessaria em primeiro lugar, nem a imprensa tantas vezes omissa) e ninguém quer mudar o sistema de nomeação de juizes e a duração desses no cargo.

  2. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    O próximo Impeachment do Bozo vai ser pedido pelos ”Artistas da Rede Globo que Perderam os Empregos”. Hoje foi mais uma.

  3. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Sarney Filho acumula uma folha corrida dos mais diversos escândalos.
    Em 2010, “Zequinha” foi atingido pela Lei da Ficha Limpa. Sua
    candidatura chegou a ser impugnada pelo Ministério Público Eleitoral
    (MPE) do Maranhão. Ele foi acusado de abuso de poder econômico pelo fato
    de a prefeitura do município de Pinheiro, cujo prefeito era seu aliado,
    ter criado um link em sua página para a homepage do então deputado em
    2006. O presidente do PV no Maranhão foi condenado a pagar uma multa e,
    segundo o MPE, isso o tornaria inelegível, conforme a lei complementar
    135/2010. No entanto, após recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral, o
    deputado conseguiu manter o registro de sua candidatura.[9]
    Essa não é a única irregularidade a macular o currículo do
    ex-ministro do Meio Ambiente. Em 2009, Sarney Filho foi investigado pelo
    Ministério Público por ter usado sua cota parlamentar de passagens
    aéreas para viajar com a família para o exterior. Além disso, entre
    julho de 2007 e julho de 2008, a Câmara pagou oito passagens para Marco
    Antônio Bogéa, colaborador do empresário Fernando Sarney, irmão do
    deputado. Recentemente utilizou uma aeronave da FAB para passar férias
    em Fernando de Noronha, utilizando-se do expediente comum de “participar
    de uma reunião” que duraria um dia mas sua viagem (passeio com dinheiro
    público) durou 4.[10]
    Embora não tendo qualquer vínculo funcional com a Casa, Bogéa usou a
    cota de Sarney Filho, à época líder do PV na Câmara. Fernando Sarney e
    Marco Antônio Bogéa são acusados de participar de um suposto esquema de
    corrupção em estatais do setor elétrico e alvo de investigações da
    Polícia Federal na Operação Boi Barrica, envolvendo também seu irmão
    Fernando Sarney e sua esposa Teresa Murad.[11]
    Em setembro de 2015, a CPI da Petrobras recebeu das mãos do
    deputado Jorge Solla (PT-BA) cópias de documentos da contabilidade
    extraoficial da Odebrecht, do fim da década de 1980, com registros de
    pagamento de propina a políticos das obras executadas naquela época. No
    material, entregue ao delegado Bráulio Cézar Galloni, coordenador-geral
    da Polícia Fazendária, constava o nome do deputado José Sarney Filho

  4. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Zequinha Sarney é ambientalista? Pensei que fosse C O R R U P T O.

  5. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Esse MINC aí é aquele mesmo Minc que aparece lá na Lista da COAF com uma movimentação suspeita de 16 Milhões?

    • Valdir disse:

      SIM!
      Entrei agora e já ia postar isso.
      Fostes rápido no gatilho.

      • Jorge Teixeira Carneiro disse:

        Fiz uma conta. Confira depois. Se o Minc contratasse o Queiroz para depositar a movimentação suspeita e supondo que o Queiroz só consiga fazer 10 depósitos por dia, no valor máximo de 2 mil e que a semana tem 5 dias úteis. O Queiroz teria que fazer 8.000 depósitos de 2 mil, o que levaria 800 dias. O que dá 160 semanas úteis ou cerca de 40 meses. Quase o mandato todo……kkkkkkkkk

        • Valdir disse:

          Está correto!
          E com um detalhe: Tudo na cara do COAF!

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            E detalhe. Como a movimentação do André Cecialiano é MAIS de 3 VEZES a do Minc, com ele o Queiroz levaria uns 12 ou 13 anos fazendo 20 de depósito todos os dias úteis. Deve ser por isso que o Ceciliano mantinha uns 6 ou 7 queirozes diferentes.

          • Valdir disse:

            Não é?
            Mas isso, a Globolixo, a CNNlixo e assemelhados JAMAIS colocarão em pauta de quaisquer entyrevistas/discussões/debates.

          • Jorge Teixeira Carneiro disse:

            Cabem as seguintes perguntas: E a Elizângela? Cadê a Elizângela? Onde está a Elizângela? Quando vão prender a Elizângela?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via