Olhares Negros – Uma experiência possível e necessária

democracia racialDulce Maria PereiraescravidãoHelena TheodoroKelly Tiburciomovimento negromulheres negrasnegrosOlhares NegrosRoberta EugênioVanda MachadoWania Sant´Anna
Comentários (1)
Comentar
  • Edison Sampaio

    Perdão, mas acho q quanto mais se fala em racismo, cota pra negros, olhares negros, negritude, afro-descendentes, essas coisas…, pior fica. É como falar em homofobia, comunidade LGBT não sei o quê mais e outras baitolagens, pois aí é q o preconceito aumenta. O q se tem q realçar e exigir rigorosa reparação é a questão do grave problema das diferenças sócio-economicas muito acentuadas. Nada é mais triste e revoltante do q a vida sofrida do pobre, seja ele preto ou branco, baitola ou não.