Previdência: veja o que vai a plenário

aposentadoriaBolsonarocomissão especial da Previdênciagovernoreforma da previdênciaregrasSamuel Moreira
Comentários (3)
Comentar
  • Comentando as notícias

    Nada justifica manter diferença entre gêneros em pleno século 21. Países especialmente os de 1º mundo que estão fazendo ou fizeram reformas acabaram com isso. Mais uma vez o Brasil perde a chance de se atualizar perante o resto do mundo. Idade menor pra mulher é política social, e não cabe ao INSS fazer esse tipo de política. Mesma coisa pra policiais, professores e etc, deixar p/ valorizar só depois que aposenta?

  • Pedrão

    1. Não vejo qual é a justificativa em se diferenciar tempo de contribuição do setor privado e setor público.

    2. Judiciário e militares fora da reforma. Cai por água abaixo todo teor de justiça desta reforma “para todos”.

  • Petrucio

    pORQUE O PEDAGIO DE POLITICO É DIFERENTE E MUITO EM RELAÇÃO AOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, POR EXEMPLO: PQ O PEDÁGIO DO FUNCIONÁRIO É DE 100% E DE POLITICO É DE 30% POR CENTO ISSO TEM QUE MUDAR OU O BICHO VAI PEGAR, ACORDA REDES SOCIAIS NESSE PONTO PEDÁGIO, TEM OUTRO DE 17% QUE NÃO ME LEMBRO QUAL É A CATEGORIA, REDES SOCIAIS EM AÇÃO AGORA QUE VAIO A PLENÁRIO, SOU FUNCIONÁRIO PUBLICO APOSENTADO MAIS NÃO CONCORDO COM BENEFICIO DIFERENTE PARA POLITICO, A PIOR CLASSE DO PAÍS.