Após 4 mil mortes, Milão reconhece erro da campanha pelo fim da quarentena

coronavíruscovid-19
Comentários (1)
Comentar
  • Elena

    E o tonto do Bozzo está indo pelo mesmo caminho!