No ar, edição histórica do Prêmio Congresso em Foco

Foto: Paulo Negreiros

Evento de premiação, que será realizado neste ano pela décima vez, tornou-se uma marca do calendário político e social de Brasília

 

Pela décima vez, o Congresso em Foco premiará neste ano os melhores parlamentares do Brasil. Como tem ocorrido, a escolha dos premiados ficará a cargo do público, mediante votação na internet, e só poderão ser agraciados congressistas que não respondem a acusações criminais no Supremo Tribunal Federal (STF). Mas a histórica edição 2017 do Prêmio Congresso em Foco terá várias novidades importantes.

Uma delas é que, pela primeira vez, também haverá premiação feita por um júri especializado, formado por “cidadãos que, por dever profissional ou de modo voluntário, acompanham regularmente as atividades do Congresso Nacional, e que gozam de boa reputação”, conforme define regulamento publicado nesta sexta-feira (11) e que ficará em consulta pública durante sete dias, para os aprimoramentos que se fizerem necessários. A votação se estenderá de 1º a 30 de setembro.

<< Veja o regulamento

De acordo com o regulamento, o júri terá cinco integrantes, cujos nomes deverão ser divulgados até o próximo dia 25 de agosto. O colegiado reunirá ”um(a) representante da área empresarial, um(a) representante da área trabalhista, um(a) representante da área acadêmica, um(a) representante do Congresso em Foco e um(a) representante de entidade do terceiro setor”.

Os deputados e senadores mais bem avaliados pelos jornalistas continuarão sendo distinguidos, após serem selecionados pelos profissionais de imprensa encarregados da cobertura do Congresso Nacional. A votação entre os profissionais de imprensa se dará entre 4 e 11 de setembro. Os vencedores em todas as categorias serão conhecidos na cerimônia de premiação, em 19 de outubro.

Segundo o fundador do Congresso em Foco, Sylvio Costa, “a décima edição do prêmio tem tudo para ser ainda mais marcante do que as nove anteriores”. Ele apoia sua expectativa em três fatos: “Com pico mensal próximo de 4 milhões de visitas, e chegando a ultrapassar 400 mil num só dia, o site segue batendo recordes e jamais foi tão acessado e influente. Pode, portanto, fazer esse projeto vitorioso reverberar mais do que nunca. Outro aspecto é que a falta de referências que marca o desolador cenário político atual tende a aumentar muito o interesse das pessoas em analisar com mais cuidado o desempenho dos parlamentares e verificar quem nos representa melhor ali dentro. Finalmente, a crise do Congresso e a péssima imagem dos políticos tornaram o prêmio um ativo precioso para os congressistas, que deverão valorizá-lo ainda mais”.

Criado para valorizar a atividade política e o papel do Legislativo no que eles têm de mais nobre e útil à sociedade, o prêmio combate a imagem de que todos os políticos são iguais. Também procura destacar a necessidade de valorizar os bons exemplos para melhorar a qualidade de um Parlamento tão pródigo em produzir vexames. “Precisamos reagir contra a desqualificação da política e dos políticos, mesmo correndo o risco de premiar hoje políticos que no futuro podem se revelar piores do que imaginamos”, afirma Sylvio Costa. “Porque pior mesmo é o ceticismo que nos oprime e nos imobiliza, nos impedindo de perceber a diferença entre pessoas dedicadas e competentes e bandidos que andam com o broche de parlamentar na lapela”, completa ele.

A décima edição do Prêmio Congresso em Foco é patrocinada pela Ambev, pelo governo de Mato Grosso e pela Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), tendo ainda o apoio da Associação dos Peritos Criminais Federais (APCF), Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite) e Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF).

<<Mais sobre o Prêmio Congresso em Foco 2017

<< Resultados parciais do Prêmio Congresso em Foco 2017

Patrocínio:

 

Apoio:

 

Apoio Institucional:


Continuar lendo

Publicidade Publicidade