Ex-ministra de Dilma é condenada a pagar indenização a Alexandre Frota

Juíza considerou que Eleonora Menicucci causou dano moral ao ator por ter dito que ele “não só assumiu ter estuprado, mas também faz apologia ao estupro”, em referência a declarações de Frota sobre sexo não consentido com mãe de santo em entrevista à Band

 

Comentário sobre incitação ao estupro foi feito por ex-ministra após visita de Frota ao ministro da Educação, Mendonça Filho

 

A juíza Juliana Nobre Correia, de São Paulo, condenou a ex-ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres Eleonora Menicucci a indenizar, em R$ 10 mil, o ator Alexandre Frota por danos morais. Em maio do ano passado, Eleonora criticou o ministro da Educação, Mendonça Filho, por ter recebido Frota em audiência no ministério. Na ocasião, ela disse que o ator “não só assumiu ter estuprado, mas também faz apologia ao estupro”.

No comentário, a ex-ministra de Dilma se referia a uma declaração feita pelo artista em um programa de TV, em 2015, de que havia feito sexo sem consentimento com uma mãe de santo. Em entrevista ao apresentador Rafinha Bastos, do extinto programa “Agora é tarde”, da Band, ele contou que a mulher chegou a desmaiar com a força com a qual ele pegou o pescoço dela.

Na ação, Alexandre Frota pedia R$ 35 mil da ex-ministra para “alentá-lo” do “sofrimento atroz” gerado pelas críticas feitas por Eleonora. Segundo o ator, a história era apenas uma “anedota em tom jocoso”. Pelo episódio, Frota também entrou com ação contra a Folha de S.Paulo e um colunista do jornal.

“Não me calará”

Amiga de Dilma e ex-companheira de prisão da ex-presidente, Eleonora disse que a condenação não é somente contra ela, mas contra todas as mulheres que lutam contra o estupro. Cabe recurso contra a decisão da juíza.

“Tal sentença assinada por uma mulher, me condenando a pagar 10 mil reais com correção, revolta a todas as mulheres, pois o estupro é crime hediondo e inafiançável”, escreveu a ex-ministra no Facebook. “Lamentavelmente a condenação não atinge só a mim, mas as mulheres que lutam há séculos contra o estupro, contra as violências de gênero e hoje em nosso país contra as perdas de direitos que o governo golpista tem imposto, sobretudo a nós mulheres. Não será esta sentença, proferida por esta juíza que me calará, nem tampouco as mulheres brasileiras. Tolerância zero com a violência contra as mulheres!!! Tolerância zero com o estupro!!!!”, reforçou (leia a íntegra do desabafo dela após o vídeo).

Veja o vídeo com as declarações do ator:

 

 

Veja a íntegra do desabafo da ex-ministra:

“Hoje recebi a sentença proferida pela juíza Juliana Nobre Correia referente ao processo que trata de indenização moral , aberto contra mim por Alexandre Frota;

Por ter me manifestado contra a fala dele no Programa de TV, fato este de conhecimento da sociedade brasileira, caracterizada por mim, como apologia ao estupro.

Tal sentença assinada por uma mulher, me condenando a pagar 10 mil reais com correção, revolta a todas as mulheres, pois o estupro é crime hediondo e inafiançável.

Lamentavelmente a condenação não atinge só a mim, mas as mulheres que lutam hã séculos contra o estupro, contra as violências de gênero e hoje em nosso pais contra as perdas de direitos que o governo golpista tem imposto, sobretudo a nós mulheres.

Não será esta sentença, proferida por esta juíza que me calará, nem tampouco as mulheres brasileiras.

Tolerância zero com a violência contra as mulheres!!!

Tolerância zero com o estupro!!!!”

 

Mais sobre mulheres

Continuar lendo
Publicidade Publicidade