Saída de Teich causa panelaços contra Bolsonaro; assista

O médico Nelson Teich pediu demissão do Ministério da Saúde na manhã desta sexta-feira (15). A segunda baixa na chefia da pasta em menos de um mês gerou reações pelo país e foram registrados diversos panelaços contra o presidente.

Teich tomou posse em 17 de abril, depois de saída conturbada de Luiz Henrique Mandetta. O médico oncologista vinha tendo divergências com o presidente Jair Bolsonaro em função do uso da cloroquina no tratamento da covid-19. Entre os cotados para substituir Teich, está o secretário-executivo, número dois do ministério, general Eduardo Pazuello

O Brasil tem tido aumento no número de mortos diários pela doença. No total já foram 13.993 vidas perdidas para o coronavírus. São 202.918 pessoas infectadas, o que, conforme afirmam especialistas, está subnotificado, podendo esse número ser 15 vezes maiores.

Veja como foram os panelaços em todo país:

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!